• AOS HOMENS DA ARTE?E CULTURA: OS ETERNOS PRESENTES SEMPRE ESQUECIDOS

    6 octobre 2016 | Cultura | Admin
  • Sempre que um FIDJU DI TERA é chamado noutra partes do mundo por motivos outros distantes das « eternas crises » nacionais, rejubilamos, congratulamos por isso. Cada HOMENAGEM, cada premiação, reconhecimento sentido do talento, das capacidades de um FIDJU DI TERA, é a expressão de BALUR DI TCHON – FIDJU DI GUINÉ BALI PENA.
    Fora das reduzidas dimensões das politiquices que minam a Guiné-Bissau há pessoas de bem, almas nobres que se soltaram dessas amarras, e, pelo mundo fora vão exibindo o « retrato falado » da GUINENDADI, é dizer o nosso belo mosaico cultural, os nossos hábitos e costumes, aquilo que nos diferencia dos outros mas identifica-nos todos como GUINEENSES.
    Haja actos de reconhecimento aos vivos que as homenagens na Guiné não se resumam apenas no frio simbolismo POST MORTEM da « Homenagem Póstuma ». Que a atribuição de distinçoes seja alargada, afinal, I TEM TCHIU MANERA KU PARTISIPADU NA LUTA!
    Ernesto Dabó e seus « Camaradas da Pena e de Microfone », pelo que fizeram e vão fazendo no país e pelo mundo fora, MERECEM GRANDE RESPEITO!

    Humberto Monteiro
  • A DÍVIDA HIPOTECA O FUTURO DO PAÍS

    O Homem íntegro é incorruptível; aquele cuja integridade leva a agir de acordo com as suas convicções, sem fazer qualquer concessão que ponha em causa a sua honra e dignidade. Esse homem pode ser um político? Qual é o preço da convicção de um governante? Pode ser negociado? Será que, em nome da chefia, pode-se negociar as convicções de um povo? Claro que não! Assim diria um [...]

    Read more

    Greve dos professores: Direecção do Sindeprof fala em 100 por cento de aderência

    Segundo Eusébio Có, em conferência de imprensa conjunta promovida pelo SINDEPROF e os candidatos à liderança deste sindicato, muitas das vezes os professores ficam velhos antes do tempo devido à falta de meios e má alimentação. “O SINDEPROF realizou esta conferência de imprensa para exprimir igualmente as suas ideias concernentes a declaração do porta-voz do governo segundo a qual[...]

    Read more

    Greve de professores: SINDEPROF agenda marcha pacífica de reivindicação contra o silêncio do governo

    O SINDEPROF (Sindicato Democrático dos Professores) agendou uma marcha pelas ruas de Bissau esta quinta-feira como forma de chamar a atenção para as causas da reivindicação em curso. É necessário acompanhar a actual greve da classe com uma marcha pacífica no sentido de informar a opinião pública nacional e internacional sobre a posição do governo relativamente as reivindicações da[...]

    Read more

    Mamadu Iaia Djaló, líder do Partido da Nova Democracia (PND), demitiu-se esta sexta-feira das funções de conselheiro especial do Presidente da República por questões de "honestidade política". Em carta dirigida ao Presidente José Mário Vaz, o líder do PND justifica a sua decisão alegando "questões de princípios, coerência, transparência e honestidade política" como motivos que o[...]

    Read more

    GUINÉ-BISSAU: De politiquices à instabilidade crónica

    Transitamos para a democracia, mas não olhamos atrás para ver se as raízes do colonialismo e da ditadura estão mortas.   Recentemente o país completou um ano de crise institucional entre e intra órgãos de soberania que o deixou sem norte e nem rumo face aos propósitos do desenvolvimento e de boa governação. O atual contexto de incerteza alicerçado num obscurantismo [...]

    Read more

    MANCHAS DE PÓLVORA NA ROSEIRA E NO CAPIM

    Luis Carlos Alves de Melo*  Disna, i ka di aos ku tera tindji di burmedju, ku sukuru bisti bom dia (não é de hoje que a terra se tinge de vermelho, e que a luz se transforma em escuridão). A citação com a qual este artigo principia ilustra um dos capítulos de uma obra pouco difundida na esfera cultural: trata-se do livro Entre a Roseira e a Pólvora, o Capim[1], da poetisa guineense [...]

    Read more

    ACORDO DE CONAKRY: FIM DA CRISE OU CRISE EM STAND BY?

      "Ter razão não dá razão", diz-se algures. A crise despoletada em Agosto de 2015 com a demissão do primeiro Governo da legislatura pelo Presidente da República, levou que tentativas várias fossem feitas para serenar os ânimos (no círculo do PAIGC), enquanto em níveis mais amplos, multilaterais, eram desenvolvidas iniciativas e acções que acabaram por envolver a comunidade [...]

    Read more

    PAIGC DIVIDIDO, O PAÍS À DERIVA!

    Após as últimas eleições tidas como justas e transparentes, ainda não percebi quando foi findado o governo de transição. Até agora não senti esse corte. Sinto que ainda vivemos na transição para a estabilidade e tranquilidade verdadeira e necessária! Verdadeira no sentido transparente: sem “jogos e joguinhos”, sem dia de “cair”. Estamos sempre na espectativa! Todo este [...]

    Read more

    A Plataforma das Organizações da Sociedade Civil para Democracia Cidadania e Direitos Humanos (POSCDCDH) afirmou, hoje em conferência de imprensa que, é urgentíssimo a formação de um Governo constitucional, a fim de desbloquear o país e continuar efetuar esforços para o seu desenvolvimento. Caso contrário, diz a organização, o atraso na sua formação pode comprometer a abertura do [...]

    Read more

    Em resposta ao apelo das organizações da sociedade civil guineense agrupadas na Aliança Nacional para Paz e Democracia que decidiu avançar para desobediência civil a nível nacional, hoje, o Sindicato  dos Motoristas e Rodoviários da Guiné-Bissau (SMR) revelou que não vai aderir à iniciativa, por considerar os atuais acontecimentos no país de cunho político e que devem ser resolvidos [...]

    Read more

    Veja mais artigos >>