• É nessa manhã que eu gostaria de me acordar

    para que olhares dos meninos, jovens e velhos
    me possam transmitir esperanças que já me abandonaram
    forças que já não consigo sentir
    nestes momentos de passos irreversíveis de construir uma sociedade justa,
    mais social, sem maldade
    Nesta manhã de apelos para mais união, sem vingança
    gostaria de ver esperanças nas feições de cada um
    gostaria de sentir toada que nos lembrassem
    que a melhor forma de convivência
    é saber andar, movimentar de mãos dadas
    sem rancor, sem tendências de vingança
    sem imposição de força, nem violência, mas com argumentos
    com opiniões construrivas, diálogo e vontade de encontrar soluçoes consensuais
    Esquecer tudo, para sempre
    jamais podemos,
    mas continuar a viver sempre na senda do passado
    não nos leva a parte nenhuma
    Cada tempo que passa
    não passa das nossas bagagens que levamos connosco
    mas que jamais da mesma constelação, da mesma forma e peso
    ao lugar do destino chega
    Sem esquecer dos momentos amargos e críticos
    devemos saber perdoar
    devemos saber dar a mão de reconciliação
    sem rancor nem vingança
    para que os raios do sol
    o brilho da lua e das estrelas possam de novo abraçar as nossas almas
    nos traga paz, harmonia e justiça
    Muitos erros foram cometidos, muitos corações feridos,
    muitas famílias assoladas com dodói
    mas usar os males e sombras negativas
    para destruir ainda mais os alicerces de harmonia de paz e de alegria
    não nos leva a parte nehuma
    O tempo de „matchundade“, de „nhêmé“, de „brutasku-salvageria“ de „lei-di-con“
    nao tem mais direito a existência nem a sobrevivência no nosso seio
    O mundo de hoje
    precisa de mais tolerância, mais humanismo, menos violência, regras válidas para todos
    precisa duma Amnistia  moral-social-económicofinaceira geral
    para os que querem um mundo de paz e sem violência
    Esses que ontem atropelaram e assaltaram as esperanças dos nossos sonhos
    e hoje nao querem a estabilidade, paz e progresso desta terra
    que provam ao mundo que são também capazes de corregir os seus erros
    dando um aval para as possibilidades às soluções que nós precisamos
    para que o brilho da lua e das estrelas possam de novo abraçar as nossas almas
    nos traga paz, harmonia, justiça, e parâmetros de convivência que todos nós, num bantabá justo
    precisamos e desejamos para a consolidação da paz, harmonia e boa convivência dos cidadãos
    Higidio Fernandes
    Alemanha  12 de Abril 2013
  • O Movimento Nacional da Sociedade Civil para Democracia e Desenvolvimento (MNSCDD) exige ao Presidente da República, a exoneração do novo Primeiro-Ministro nomeado recentemente por sua própria iniciativa. No comunicado distribuído à imprensa, MNSCDD recomenda ao PR José Mário Vaz ouvir o PAIGC e outras formações políticas com assento parlamentar. Tendo mostrado surpreendido com a [...]

    Read more

    Crime organizado ganha força nas ilhas da Guiné-Bissau

    Quando lhe apontaram uma pistola, Armando Nhaga virou costas e fugiu da pista de aviação da ilha de Bubaque, Guiné-Bissau, onde trabalha como guarda. Armando, 60 anos, testemunhou ao longo da última década a aterragem de voos clandestinos que se suspeita estarem ligados ao tráfico de cocaína da América do Sul para a Europa. "Na hora em que chegavam diziam-me: 'sai'. E eu saía. Não [...]

    Read more

    NOVO PGR PROMETE “FAZER JUSTIÇA”

    O novo Procurador-geral da República prometeu, ontem (07/10), “fazer a justiça”, através da promoção da acção penal e da defesa da legalidade “até à exaustão “. Estas palavras do Hermenegildo Pereira foram proferidas momentos depois do acto de transferência de poderes, esta terça-feira em Bissau, do antigo PGR, Abdú Mané ao novo número Um do Ministério Público (MP). [...]

    Read more

    QUEM VAI FAZER GUERRA NA GUINÉ?

    A crise em que o país está mergulhado há mais de um ano, pelos vistos, está a criar imagens virtuais que provocam ilusões ópticas em muita gente. Surgem profetas de mau agouro pressagiando devir próximo de um holocausto no país numa altura em que, acima de tudo, precisa-se de entendimento, paz e estabilidade. Não falam de mortos mas os subentendidos terríficos dos discursos que [...]

    Read more

    GOVERNO DOA 6500 SACOS DE AÇUCAR À COMUNIDADE MUÇULMANA

    O Primeiro-ministro, Domingos Simões Pereira procedeu dia 03 a entrega de 6500 sacos de açúcar à Comunidade muçulmana, partidos políticos, órgãos da soberania e  sociedade civil no quadro do Ramadäo, mês de jejum. Durante a cerimônia de entrega dos donativos, o chefe do executivo disse que o gesto feito pelo governo é realizado em nome de todas as autoridades guineenses. Domingos [...]

    Read more

    O diretor da Educação do Sector Autônomo de Bissau alertou, sexta-feira em Bissau aos pais e encarregados de educação que, o processo de matrícula nas escolas públicas do país irá terminar no dia 25 de Setembro. “Assim que o prazo fechar vou reunir, mais uma vez, os diretores das escolas com vista a fazer balanço dos lugares ainda restantes. Caso houver vagas, qualquer interessado [...]

    Read more

    ENCONTRO/CONVÍVIO EM LISBOA DIA DA COMUNIDADE GUINEENSE EM PORTUGAL

    Os guineenses residentes em Portugal reuniram-se, no sábado dia 10 de Novembro, no Mercado da Ribeira, em Lisboa, para um djubaiinformal sobre a vida da comunidade na diáspora e a atual situação que se vive na Guiné-Bissau.  Espetáculos musicais, desfile de moda, lançamento de livros, exposição de artesanato e gastronomia foram os ingredientes da festa que começou a tarde e terminou[...]

    Read more

    A INVENCIBILIDADE DO CABRALISMO

    A primeira Republica apontou como desígnio da sociedade guineense a RECONSTRUÇÃO NACIONAL. Nada mais justo e coerente com o facto de que a proclamação do Estado, para lá do seu significado Jurídico-político, é o reassumir formal e integral da condução do nosso destino. Isso faz do organizarmo-nos em Estado ou construir o nosso Estado, tarefa central, vital, para o avanço e [...]

    Read more

    No âmbito do Dia Nacional da literatura e poesia, a Associação Guineense dos Escritores (AGE) homenageou hoje, no Clube do Bairro d´Ajuda, o pioneiro da música guineense, José Carlos Schwartz. A iniciativa visa atribuir valor, como é habitual, à uma figura falecida ou viva, ligada a literatura ou música. As atividades comemorativas foram marcadas com récitas de poesias, atuação [...]

    Read more

    O Presidente da Guiné-Bissau, José Mário Vaz, apelou quarta-feira aos políticos guineenses para aplicarem o Acordo de Bissau para acabar com o impasse político que o país vive, noticiou a Lusa.

    Read more

    Veja mais artigos >>