• BCEAO e FMI organizam conferência regional sobre inclusão financeira

    20 septembre 2016 | Economia Hebdo | Admin
  • Na abertura da reunião o director-executivo do BCEAO no país, João Aladji Mamadu Fadia, a partir da sede em Bissau, disse que a iniciativa visa a discussão entre os participantes, sobre o nível da taxa de bancarização na sub-região, considerada a mais baixa do mundo.

    “Queremos fazer de tudo para permitir as nossas populações o acesso as finanças”, afirmou.

    No entanto, João Aladji Mamadu Fadia explicou que serão discutidas questões relacionadas com os sistemas de transferências electrónicas de dinheiro a fim de facilitar as populações longínquas que não têm acesso ao sistema bancário.

    O director executivo do BCEAO revelou que também há outros produtos que estão sendo lançados no quadro deste encontro, nomeadamente, a finança islâmica, que é gerida na base das leis do Sharia, que deve ser adaptada ao sistema monetário sub-regional.

    Segundo este responsável, o encontro será dirigido a partir da sede principal do BCEAO no Senegal (Dakar) para as diferentes representações daquela organização económica sub-regional, através de uma videoconferência.

    “Estão a participar nesta reunião os elaboradores e decisores da implementação das políticas económicas na subregião, nomeadamente, os ministros das finanças e governadores e, directores dos bancos, centrais e comerciais dos países membros da UEMOA e da CEDEAO e o director adjunto do FMI.

    “Participam, igualmente, nesta reunião os operadores do sector privado, das organizações não-governamentais (ONG) e os autores da sociedade civil”, explicou João Fadia.

    Fadel Gomes

  • GUINE-BISSAU: REFLETINDO EM NOME DAS GERAÇÕES FUTURAS EIS ALGO PARA PENSAR…

    Desde o início da sua história, a Guiné-Bissau tem sido sempre um país diverso. Se você ler os boletins culturais e/ou outras publicações emitidas pelas autoridades portuguesas durante a época colonial, descobre que o território que constitui a Guiné-Bissau era ainda mais diversificada na década de 1940 do que é hoje. Após a independência, mais particularmente nos anos 80, as [...]

    Read more

    Para evitar pagamento criadores de gado resistem à vacinação de animais

    "Estamos a deparar com alguns entraves provocados pela resistência de algumas pessoas em vacinar os gados, alegando falta dinheiro; mas, pela injeção de cada animal cobramos um preço muito simbólico”. O esclarecimento é do vice-presidente da Associação dos Criadores de Gado, aquando do início da campanha de vacinação de gado hoje na cidade de Bafatá. Os trabalhos desenvolvidos [...]

    Read more

    A organização não governamental internacional Greenpeace” denunciou que mais de 90 (noventa) navios pescam ilegalmente nas águas territoriais da Guiné-Bissau. A denúncia consta no relatório sobre os trabalhos de fiscalização levados a cabo pelo navio da organização durante quatro dias nas águas territoriais da Guiné-Bissau, que foi apresentado ao Presidente da República, José [...]

    Read more

    Não é por acaso que o Presidente da República, José Mário Vaz, não marcou presença, quando devia presidir o acto da celebração da efeméride do 3 de Agosto e a cerimônia de entrega das obras de requalificação da Praça dos Mártires de Pindjiguiti que veio a ser, presidido pelo presidente da ANP, Cipriano Cassamá, que no seu discurso se preocupou em tecer elogios ao governo e trazer a[...]

    Read more

    Minino di nha Terra

    27 janvier 2016 | Cultura
    Minino di nha Terra

    Minino di nha Terra Lundjo ma perto santado ma sin pressa gritos sunhos misti bidá bardade má ‘sperança cu confianca nó cumpanher minino ku na lanta ka bu dissa é robau mass kil ky di bó, bu liberdade dirito di vive na bu terra sin sinti kumá abó y di kintal sin cunsi trato de mufino Minino di nha terra É terra y ká kintal di nin Presidente y ká bulanha di políticos[...]

    Read more

    A antena da Guiné-Bissau da Rede de Paz e Segurança para as Mulheres no Espaço da CEDEAO (RPSME) promoveu, hoje, uma marcha das mulheres pela paz e estabilidade, para ultrapassar a atual crise vigente na Guiné-Bissau. O evento decorreu do aeroporto Osvaldo Vieira à Praça dos Heróis Nacionais, uma distância de cerca de sete quilómetros A responsável da organização na Guiné-Bissau[...]

    Read more

    Os representantes do Fórum da Diáspora para o Apoio ao Desenvolvimento da Guiné-Bissau depositaram, ontem a tarde uma carta a Embaixada do país em Portugal na qual apelam ao entendimento entre as partes (José Mário Vaz e Domingos Simões Pereira). Estas individualidades acreditam que não há nada de irrevogável nesta crise política, por isso apelam ao diálogo como o único e exclusivo[...]

    Read more

    Mais um ano de vida e de luta foi contornado por este nosso jornal cuja luta tenaz tem sido desde a sua fundação servir os seus leitores, o país em geral, cada vez mais e com elevada qualidade. É um desafio que sempre aceitamos e procuramos encarar com serenidade, seriedade, honestidade, profissionalismo, cientes dos nossos limites materiais, financeiros e humanos. O ano que agora findou, [...]

    Read more

    O líder do Movimento Patriótico manifestou-se sexta-feira contra uma eventual constituição de um Governo de unidade nacional, mostrando a sua inexistência na Constituição da República. Por isso, defende que se não for o PAIGC, se não for uma nova maioria, então que se dissolva a Assembleia Nacional Popular permitindo ao povo eleger novos parlamentares. José Paulo Semedo lembrou [...]

    Read more

    ACORDO DE CONAKRY: FIM DA CRISE OU CRISE EM STAND BY?

      "Ter razão não dá razão", diz-se algures. A crise despoletada em Agosto de 2015 com a demissão do primeiro Governo da legislatura pelo Presidente da República, levou que tentativas várias fossem feitas para serenar os ânimos (no círculo do PAIGC), enquanto em níveis mais amplos, multilaterais, eram desenvolvidas iniciativas e acções que acabaram por envolver a comunidade [...]

    Read more

    Veja mais artigos >>