• “CARTÃO DE VISITA” DA GUINÉ-BISSAU – ABÚ CANTA E ENCANTA BISSAU COM ÁLBUM “MAIS UM CHANCE”

    22 décembre 2011 | Cultura | Admin
  • O jovem músico, Abubacar Bailó Camará (Abú) que para alguns críticos da música guineense “é uma promessa da nova geração de músicos capaz de levar o bom nome do país aos grandes palcos internacionais”, trouxe ao público o seu primeiro álbum discográfico intitulado “Mais Um Chance.”

    Eram por volta das 22 horas e alguns minutos do dia 10 do corrente mês que o jovem músico, mestrado em banca e finanças nas universidades senegalesas, subiu ao palco do espaço Lenox para apresentar ao público o seu primeiro álbum discográfico produzido em Dakar (Senegal).

    Conforme os organizadores do evento estava prevista a venda de três mil bilhetes mas, devido a limitação do espaço, acabaram por vender apenas cerca de mil bilhetes, deixando centenas de pessoas fora do recinto, que pretendiam entrar a todo o custo a fim de assistir o espectáculo daquele que é considerado “cartão de visita da Guiné-Bissau, Abubacar Bailó Camará”.

    O álbum “mais um chance” tem 15 faixas musicais entre os quais se pode destacar “Mais Um Chance, Jantar, Dan Bu Amor, e Gasolina.

    O lançamento do álbum contou com a participação de um outro jovem músico guineense, Ivo Cirilo Andrade (Ivex Pro) que ainda prossegue os seus estudos nas universidades senegalesas na área de arquitectura.

    Em declarações a Gazeta de Notícias depois de descer do palco, Abú explicou que já fazia a música no país antes de se deslocar a Dakar onde teve oportunidade de desenvolver mais o seu talento. Sublinhou que decidiu empenhar-se muito mais na música e não com a intenção de ganhar dinheiro, mas porque “quero elevar o nome da Guiné-Bissau a um outro nível, ou seja representar o nosso país nos grandes palcos”.

    “Depois de algum tempo entendi que era tempo de escrever músicas. Por isso, comecei a pensar na produção de música, com o intuito de fazer um álbum e, graças a Deus, consegui fazer o álbum que acabei de apresentar a instante. Espero que os guineenses e os meus fãs, em geral, a nível de todo o mundo, vão gostar do meu trabalho”, precisou.

    Indagado sobre o que quer dizer “mais um chance” o título do álbum, Abú explicou que toda a agente precisa da primeira oportunidade razão pela qual, pediu uma primeira oportunidade para poder apresentar ou fazer o que pode fazer.

    “Mais um chance, é mais uma oportunidade, mais uma experiência de poder demonstrar aos meus fãs e aos guineenses em geral aquilo que posso fazer”, disse o músico para de seguida, enfatizar que conseguiu fazer um grande esforço para que todas as suas musicais possam estar em nível aceitável, dado que para ele, hoje em dia o mercado exige mais qualidade de trabalho para poder competir com outros trabalhos.

    Este músico assegurou que depois da gravação do álbum estavam a pensar, qual a música que devia ser apresentada ao público para apreciação, e, foi assim que, por meio de sorteio, acabaram por escolher a música Jantar que fez vibrar os fãs deste músico nas diferentes discotecas do país.

    A reportagem da GN contactou igualmente o jovem músico, Ivo Cirilo Andrade (Ivex Pro) que antes da sua partida para o Senegal a fim de prosseguir os seus estudos universitários, estava integrado no grupo musical chamado “Parentes D” onde era conhecido por “Puto Filipado”.

    Ivex Pro disse que ele e Abu estavam sempre juntos e pertenciam ao mesmo grupo musical em Bissau antes de seguirem para estudar em Dakar, onde Abú prosseguiu com a ideia de cantar e um dia produzir álbum.

    “Foi Abú que me deu o nome de “Ivex Pro”, porque me considera produtor de música, mas eu não sou produtor de música. O meu trabalho é compor e fazer arranjos musicais. Abú trabalha comigo na parte de arranjos ele é que faz a percussão; eu faço arranjos melódicos através da viola baixo, guitarra, piano… e isso tudo é nível do programa informática”, explicou.

     

    Assana Sambú

  • EGOCENTRISMO NA POLÍTICA É CRIME MORAL!

    O mundo é constituído de Homens excepcionais em todos os domínios; podem ser bons assim como maus em certas especialidades. É imprescindível que o homem que aspira a exercer funções de liderança nas instituições públicas, imperativamente, abdique do valor egocêntrico. O diálogo é a única riqueza de um verdadeiro partido político, porque, dialogando é que os homens conseguem [...]

    Read more

    Reações: LGDH acusa Presidente da República de ignorar esforços dos parceiros

    O secretário Nacional da Comunicação e porta-voz da Liga Guineense dos Direitos Humanos (LGDH) garantiu, hoje, na sede da organização em Bissau, que o derrube do Governo pelo Presidente da República foi uma decisão isolada e projetada. Durante a comunicação a imprensa Alex Bassuko Santos Lopes disse que, infelizmente, perante todo este cenário José Mário Vaz optou por uma decisão [...]

    Read more

    O Movimento Nacional da Sociedade Civil para Democracia e Desenvolvimento (MNSCDD) exige ao Presidente da República, a exoneração do novo Primeiro-Ministro nomeado recentemente por sua própria iniciativa. No comunicado distribuído à imprensa, MNSCDD recomenda ao PR José Mário Vaz ouvir o PAIGC e outras formações políticas com assento parlamentar. Tendo mostrado surpreendido com a [...]

    Read more

    Presidente da Liga investido para mandato de quatro anos: PGR promete tudo fazer para que os direitos humanos sejam respeitados

    Augusto Mário da Silva foi investido esta terça-feira ao cargo de presidente da Liga Guineense dos Direitos Humanos (LGDH), numa cerimónia presidida pelo Procurador-Geral da República, para um mandato de quatro anos. O presidente da LGDH foi eleito no 3º Congresso Ordinário da organização realizado no dia 16 de Maio passado. O PGR Hermenegildo Pereira, expressou o compromisso público[...]

    Read more

    Serviço comunitário MTN irá investir cerca de treze milhões de francos CFA em Faculdades de Medicina de Bissau e Bafatá

      A empresa de Telecomunicação MTN em parceria com Ministério de Saúde publica irão investirem, acerca de treze milhões de francos cfa para as faculdades de medicina de Bissau e de Bafata com salas de informática completa, no quadro da jornada 21 dias do serviço à comunidade. A revelação foi feita hoje pelo Diretor-geral desta empresa de telecomunicação Jabulane [...]

    Read more

    PAIGC DIVIDIDO, O PAÍS À DERIVA!

    Após as últimas eleições tidas como justas e transparentes, ainda não percebi quando foi findado o governo de transição. Até agora não senti esse corte. Sinto que ainda vivemos na transição para a estabilidade e tranquilidade verdadeira e necessária! Verdadeira no sentido transparente: sem “jogos e joguinhos”, sem dia de “cair”. Estamos sempre na espectativa! Todo este [...]

    Read more

    Sistema Eleitoral, Justiça Eleitoral e os Desafios do Aprofundamento da Democracia

    Rui Jorge Semedo Sistema Eleitoral, Justiça Eleitoral e os Desafios do Aprofundamento da Democracia No âmbito da 3ª Sessão do ciclo de Conferências que marcou a comemoração do 30º aniversário do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas (INEP), cRui Jorge Semedo, Mestre em Ciências Políticas, enquanto convidado prestou o seu contributo com o tema “Sistema eleitoral, justiça [...]

    Read more

    Article posté le 06-09-2013 No arcabouço teórico da Teoria Democrática Contemporânea emergem linhas interpretativas distintas no que concerne ao modelo de democracia. A produção acadêmica da Ciência Política tem sido significativa no sentido de teorizar questões relevantes para o fortalecimento dos regimes democráticos. Todavia, a forma e os instrumentos para tal apresentam [...]

    Read more

    APELO

    27 janvier 2016 | Cultura
    APELO

    É nessa manhã que eu gostaria de me acordar para que olhares dos meninos, jovens e velhos me possam transmitir esperanças que já me abandonaram forças que já não consigo sentir nestes momentos de passos irreversíveis de construir uma sociedade justa, mais social, sem maldade Nesta manhã de apelos para mais união, sem vingança gostaria de ver esperanças nas feições de cada [...]

    Read more

    O PAIGC PADECE DE AMNÉSIA?

    A Guiné-Bissau aspira uma vida simples e segura, uma governação baseada no pragmatismo, porque o contexto político e social da nossa Pátria amada se encontra muito complicado o que mergulhando os cidadãos num desespero difícil de descrever. A classe política em si, não constitui um povo. É ele que ordena e coordena o quadro governativo, que proporciona o bom convívio entre o povo e o[...]

    Read more

    Veja mais artigos >>