• Condé admite falhas na gestão da mediação da CEDEAO e UA

    16 novembre 2017 | Politica | Admin
  • Condé admite falhas na gestão da mediação da CEDEAO e UA

    Alpha Condé, presidente em exercício da União Africana, admitiu estq quinta-feira em Paris falhas na gestão da mediação da CEDEAO e da organização panafricana, incapaz de por cobro ao impasse em Bissau tendo defendido a necessidade de alterar a constituição guineense.
    Alpha Condé é também o chefe de Estado da Guiné Conacri. Um país que está em foco em Paris até esta sexta-feira com um evento sobre o financiamento do plano de desenvolvimento.
    Em declarações a Olivier Rogez Alpha Condé lamentou não ter anunciado em Conacri o nome do primeiro-ministro que fora acordado para a Guiné-Bissau.
    Condé alegou não o ter feito para respeitar a soberania do vizinho guineense e para preservar o seu homólogo, José Mário Vaz que alega não estar a cumprir um Acordo com o qual todas as partes guineenses concordavam.
    Eis a tradução portuguesa das suas declarações (texto e áudio):
    « A constituição da Guiné-Bissau é como a constituição portuguesa.
    O presidente não tem poderes, é um pouco como a rainha de Inglaterra ou o presidente alemão.
    E isto quando ele é eleito por sufrágio universal, o que já é uma contradição.
    A CEDEAO falhou a oportunidade : deviamos durante a transição ter ajudado os nossos amigos da Guiné-Bissau a modificar a constituição.
    Mas há acordos que foram assinados: é o partido maioritário guineense que designa o primeiro-ministro… No caso o PAIGC. Convencêmo-los a prescindir deste direito e que o presidente apresentasse nomes.
    Trata-se de aplicar os Acordos de Conacri que não foram aplicados pelo actual presidente da república.
    Ou seja é preciso voltar a este Acordo que foi aceite por todos.
    Admito que haja uma parte minha de culpa: para respeitar a soberania da Guiné-Bissau não quis anunciar o nome do primeiro-ministro em Conacri.
    Deixei essa tarefa para o presidente. Enganei-me ao fazer isso.
    Se toda a gente lá se encontrava, mais valia ter anunciado o nome do primeiro-ministro.
    Tanto mais que toda a gente estava de acordo com isso.
    Pequei por falta de vigilância, mas fi-lo por respeito para com o presidente Vaz que ainda assim é o presidente da Guiné-Bissau.
    A solução passa por um regresso ao Acordo de Conacri porque este é a sequência dos acordos anteriores de Bissau, Conacri só o veio confirmar.
    Ou seja a solução passa por um regresso ao Acordo de Conacri. »

    RFI

  • Movimento Nacional de Apoio a boa Governação defende busca de consenso como solução para actual crise política

    Abdel Abduramane Djalo, falava esta terça-feira numa conferência de imprensa para tornar público a intenção da sua organização na busca de solução para actual crise na ANP. Segundo este jovem activista é urgente encontrar consenso interno no seio do Partido Africano da Independencia da Guiné e Cabo Verde (PAIGC) e na Assembleia Nacional Popular (ANP), para uma governação sólida da[...]

    Read more

    Eliminatórias CAN2017 – Zambia - Guiné-Bissau (0-0)

    A Guiné-Bissau arrancou, em Lusaca, sábado, 13 de Junho, um precioso empate (0-0) frente à Zâmbia. A jornada de sábado da competição foi auspiciosa para os países africanos de expressão portuguesa. Depois da vitória copiosa de Cabo Verde sobre os irmãos de São Tomé e Príncipe – assim ditou o calendário – Angola venceu, em casa, a formação da República Centro Africana por [...]

    Read more

    Governo e SINDEPROF: Memorando de Entendimento põe fim à grave

    Segundo o referido Memorando, prevê-se a assinatura em conformidade com a lei, dos processos de efectivação e de reclassificação dos professores pela entidade competente, bem com a implementação imediata do Estatuto da Carreira Docente após a sua revisão e aprovação. No Memorando o Governo compromete-se a efectuar a devolução de horários à todos os professores aos quais lhes [...]

    Read more

    Luís Melo é o novo presidente da Câmara Municipal de Bissau A ministra da Administração Territorial, Ester Fernandes, nomeou Luís Melo novo presidente da Câmara Municipal de Bissau (CMB) e indicou novos responsáveis para as regiões de Biombo, nordeste, e Gabú, leste. Através de um despacho, Ester Fernandes indica ainda que Luís Melo terá como vice-presidente, Rui Cardoso, antigo[...]

    Read more

    RAMOS HORTA, VAI VENCER A BATALHA CONTRA O TEMPO?

    No fim do mês de Janeiro corrente, o Senhor José Ramos Horta vai iniciar o exercício das suas actividades como Representante Especial do Secretário-Geral das Nações Unidas na República da Guiné-Bissau. Apesar da minha profunda convicção, de que anima-o a intenção de trabalhar em prol da paz e da estabilidade, e que esse sentimento é sincero, permita-me dizer que não acredito que vai [...]

    Read more

    ANTONIO GUTERRES E O NOVO SECRETARIO-GERAL DA ONU

    O Conselho de Segurança das Nações Unidas escolheu, esta quinta-feira, por unanimidade e aclamação o antigo primeiro-ministro português António Guterres como secretário-geral da organização. "O Conselho de Segurança recomenda à Assembleia-Geral que o senhor António Guterres seja designado como secretário-geral das Nações Unidas, entre 1 de janeiro de 2017 e 31 de dezembro de [...]

    Read more

    “(…) Arrependi-me de fazer esta enumeração de problemas porque o leitor da Guiné, depois de a ler, dirá logo ao primeiro amigo que tudo isso é desnecessário (se não disser qualquer nome feio) porque sempre se viveu sem se saber das condições de vida do preto e a Guiné progrediu sem isso e até porque desses inquéritos não resultará aumento de volume de negócios ou de riqueza [...]

    Read more

    Presidente da Liga investido para mandato de quatro anos: PGR promete tudo fazer para que os direitos humanos sejam respeitados

    Augusto Mário da Silva foi investido esta terça-feira ao cargo de presidente da Liga Guineense dos Direitos Humanos (LGDH), numa cerimónia presidida pelo Procurador-Geral da República, para um mandato de quatro anos. O presidente da LGDH foi eleito no 3º Congresso Ordinário da organização realizado no dia 16 de Maio passado. O PGR Hermenegildo Pereira, expressou o compromisso público[...]

    Read more

      O coordenador nacional dos Assuntos dos peregrinos admitiu, hoje, em Bissau, a culpa em nome do Alto comissariado para Peregrinação aos lugares Sagrados do Islão pela não participação dos muçulmanos guineenses no cumprimento do quinto pilar do islão. O pedido de desculpas aos que não conseguiram deslocar-se à Meca foi feito publicamente em conferência de imprensa. Dino [...]

    Read more

    Condé admite falhas na gestão da mediação da CEDEAO e UA Alpha Condé, presidente em exercício da União Africana, admitiu estq quinta-feira em Paris falhas na gestão da mediação da CEDEAO e da organização panafricana, incapaz de por cobro ao impasse em Bissau tendo defendido a necessidade de alterar a constituição guineense. Alpha Condé é também o chefe de Estado da Guiné [...]

    Read more

    Veja mais artigos >>