• Crescimento económico acima da média na Guiné-Bissau deve ser potenciado – FMI

    3 octobre 2017 | Nacional | Admin
  • O crescimento económico guineense tem estado acima do registado na África subsaariana nos últimos três anos e deve ser potenciado, defendeu hoje o chefe da missão do FMI (Fundo Monetário Internacional) para a Guiné-Bissau, Tobias Rasmussen.

    Tobias Rasmussen falava na conferência « Guiné-Bissau Rumo ao Crescimento Sustentável », organizada pelo FMI no âmbito da quarta consulta daquela organização ao país.

    « O crescimento económico na África subsaariana teve um marcante declínio em 2015 e 2016. Compreendendo este crescimento, a Guiné-Bissau aparece em boa posição, porque nos últimos três anos o crescimento guineense esteve acima do registado no resto de África », afirmou Tobias Rasmussen.

    Segundo o responsável, apesar de a África Subsaariana estar a ter uma « modesta recuperação », espera-se para a região um crescimento económico de 03 a 04%, o que contrasta com as previsões para Bissau, que apontam para um crescimento económico de 05% para este ano e 2018.

    « Isto explica-se com a evolução muito positiva dos preços da castanha de caju, que aumentou para níveis recorde », tendo contribuído também uma « importante evolução na gestão da economia », salientou.

    Tobias Rasmussen considerou igualmente que também contribuíram para o crescimento económico, o « investimento na melhoria do abastecimento elétrico e infraestruturas viárias e um maior controlo orçamental e de gestão dívida ».

    Mas, o responsável defende que aquele crescimento pode e deve ser « potenciado », através da estabilidade macroeconómica, por uma política orçamental prudente, a manutenção de um sistema bancário sólido e a continuação das reformas estruturais.

    Para Tobias Rasmussen é também importante, para potenciar o crescimento económico, que seja promovido um ambiente de negócios com « regulamentação estável e transparente », mas também que proteja as pessoas para que ser mais inclusivo.

    O FMI termina terça-feira a sua quarta avaliação à Guiné-Bissau no âmbito do programa que tem com o país e também a visita vinculada ao abrigo do artigo IV, que ocorre a todos os países que trabalham com aquela organização financeira internacional.

    MSE // EL

    Lusa/Fim

    In 24.sapo.pt

  • Reações: LGDH acusa Presidente da República de ignorar esforços dos parceiros

    O secretário Nacional da Comunicação e porta-voz da Liga Guineense dos Direitos Humanos (LGDH) garantiu, hoje, na sede da organização em Bissau, que o derrube do Governo pelo Presidente da República foi uma decisão isolada e projetada. Durante a comunicação a imprensa Alex Bassuko Santos Lopes disse que, infelizmente, perante todo este cenário José Mário Vaz optou por uma decisão [...]

    Read more

    QUEM VAI FAZER GUERRA NA GUINÉ?

    A crise em que o país está mergulhado há mais de um ano, pelos vistos, está a criar imagens virtuais que provocam ilusões ópticas em muita gente. Surgem profetas de mau agouro pressagiando devir próximo de um holocausto no país numa altura em que, acima de tudo, precisa-se de entendimento, paz e estabilidade. Não falam de mortos mas os subentendidos terríficos dos discursos que [...]

    Read more

    Serviço comunitário MTN irá investir cerca de treze milhões de francos CFA em Faculdades de Medicina de Bissau e Bafatá

      A empresa de Telecomunicação MTN em parceria com Ministério de Saúde publica irão investirem, acerca de treze milhões de francos cfa para as faculdades de medicina de Bissau e de Bafata com salas de informática completa, no quadro da jornada 21 dias do serviço à comunidade. A revelação foi feita hoje pelo Diretor-geral desta empresa de telecomunicação Jabulane [...]

    Read more

    A Plataforma das Organizações da Sociedade Civil para Democracia Cidadania e Direitos Humanos (POSCDCDH) afirmou, hoje em conferência de imprensa que, é urgentíssimo a formação de um Governo constitucional, a fim de desbloquear o país e continuar efetuar esforços para o seu desenvolvimento. Caso contrário, diz a organização, o atraso na sua formação pode comprometer a abertura do [...]

    Read more

    Região de Bafatá: CONAEGUIB e RAJ realizam encontro nacional

    A terceira edição do campo de formação, estudo, trabalho, primeiro encontro de desenvolvimento comunitário, adiado para o mês Agosto iniciou no sábado em Bafatá. O encontro organizado pela Confederação Nacional dos Estudantes da Guiné-Bissau (CONAEGUIB) e a Rede das Associações Juvenis (RAJ) reúne organizações vindas de diferentes quadrantes do território nacional. O [...]

    Read more

    No âmbito do Dia Nacional da literatura e poesia, a Associação Guineense dos Escritores (AGE) homenageou hoje, no Clube do Bairro d´Ajuda, o pioneiro da música guineense, José Carlos Schwartz. A iniciativa visa atribuir valor, como é habitual, à uma figura falecida ou viva, ligada a literatura ou música. As atividades comemorativas foram marcadas com récitas de poesias, atuação [...]

    Read more

    CHUVA DE RUMORES EM BISSAU - POPULARIDADE DE JOMAV AQUÉM DE ZERO

    CHUVA DE RUMORES EM BISSAU - POPULARIDADE DE JOMAV AQUÉM DE ZERO O PAÍS VAI MAL. No espaço de dois anos o actual Governo é o QUINTO Governo da legislatura. Há salários em atraso; o Executivo governa sem Programa nem Orçamento (o limite legal do recurso a duodécimos foi atingido); as escolas públicas estão encerradas devido a greve dos professores. A Assembleia Nacional Popular [...]

    Read more

    PROJET REGIONAL DES PECHES EN AFRIQUE DE L’OUEST

    República da Guiné-Bissau SECRETARIA DE ESTADO DAS PESCAS E ECONOMIA MARÍTIMA PROJET REGIONAL DES PECHES EN AFRIQUE DE L’OUEST P119380 et P122182 IDA Grant Number H6530 – GW et GEF Grant Number 99597   SOLICITATION DE MANIFESTATION D’INTERET POUR LA SELECTION D’UN CONSULTANT (FIRME) POUR L’EVALUATION ET LA PREPARATION DU RAPPORT DE CLOTURE DU PRAO GUINEE BISSAU  Le [...]

    Read more

    QUEBEC (CANADÁ) - Ernesto Dabó: Uma descoberta incomum

    No ano passado, Ernesto Dabó lançou Lembrança, um disco fabuloso, gravado com músicos de Quebec, mas infelizmente passou despercebido aqui. Na Guiné-Bissau, é muito diferente, pois o cantor-autor-compositor é considerado um dos pais da música moderna guineense. Diz-se mesmo que Dabo é Vigneault (grande autor-compositor-intérprete de Quebec) da Guiné-Bissau. Aqui ele encontrou seus [...]

    Read more

    8 décembre 2009 | Djumbai

    Clicar aqui para Abrir o Djumbai        

    Read more

    Veja mais artigos >>