• Eliminatórias CAN2017 – Zambia – Guiné-Bissau (0-0)

    14 juin 2015 | Cultura | Admin
  • A Guiné-Bissau arrancou, em Lusaca, sábado, 13 de Junho, um precioso empate (0-0) frente à Zâmbia.

    A jornada de sábado da competição foi auspiciosa para os países africanos de expressão portuguesa. Depois da vitória copiosa de Cabo Verde sobre os irmãos de São Tomé e Príncipe – assim ditou o calendário – Angola venceu, em casa, a formação da República Centro Africana por 4-0.

    Os tentos angolanos foram apontados por Gelson, 35 e 63 minutos, Dolly Menga 5 minutos e Gilberto aos 90 +4.

    Este domingo, 14 de Junho, Moçambique recebe em casa o conjunto do Ruanda e Guiné Equatorial é anfitriã do Benin.

    Angola venceu Centro Áfricana, Moçambique e Guiné Equatorial jogam hoje, domingo, frente a Ruanda e Benin respectivamente.

    São os encontros a contar para a primeira jornada dos grupos das eliminatórias para o Campeonato de África das Nações em futebol sénior (CAN-2017).

    A Tunísia construiu a maior goleada (8-1) suplantando os cabo-verdianos (7-1).

    Os ‘Djurtus’ da Guiné-bissau viajaram até Lusaka para dividir os pontos com a toda poderosa selecção da Zâmbia. Um começo brilhante para os bissau-guineenses que ainda têm, no Grupo-E, por adversários Congo e Quénia que se defrontam hoje, domingo, 14 Junho.

    Guiné Conakry escorrega perante Suazilândia

    O Syli National da Guiné (Conakry) escorregou frente a Suazilândia num jogo efectuado em Marrocos, por 1-2.

    Os ‘suazis’ marcaram primeiro por intermédio de Tony Tsabedze, aos 13 minutos do jogo.

    Os guineenses igualaram o marcador, aos 69 minutos, numa jogada concluída com sucesso por François Kamano. Mas no fim do encontro o azar (?) bateu à porta dos guineenses. Boubacar Fofana perdeu a bola em zona proíbida e Tony Tsabedze aproveitou para bisar aos 85 minutos e ditar a derrota dos sucessores Papa Camara.

    Senegal ‘abateu’ os andorinhas do Burundi

    O Senegal venceu, em Dacar, o Burundi, cuja selecção de futebol é conhecida por Andorinha, por 3-1 na primeira jornada do Grupo-K.

    Na marcação de um penalti, aos 15 minutos, Moussa Konaté marca o primeiro tento senegalês. Os burundeses não estava a ver a banda passar e ripostara, aos 58 minutos igualando por intermédio de Fiston Abdoul Razak.

    Quatro minutos depois, o seneglês Mame Biram Diouf coloca a sua equipa em vantagem e no minuto 90, Sadio Mané consolida a vitória senegalesa por 3-1.

    Mali inflige derrota a jovem formação sul-sudanesa.

    Os tentos de Modibo Maiga (16 minutos) e Salif Coulibaly (29) foram suficientes para o Mali ultrapassar a jovem turma do Sudão do Sul, independente há bem pouco tempo que ficou reduzida a 10 unidades devido a uma expulsão.

    África do Sul posta em cheque pela Gâmbia

    Um nulo foi o resultado arrancado em Durban na África do Sul. Os gambianos deixaram os sul africanos sem reacção ao arrancar um ponto aos Bafana-bafana. As duas equipas esperam agora para ver qual o resultado no encontro de domingo, 14 de Junho, entre Camarões e Mauritânia para este Grupo-M das eleiminatórias para o CAN-2017.

    Nigéria laboriosa frente ao Tchade

    Os nigeriano estiveram como operários para conseguir esta vitória de 2-0 frente ao Tchade. Gbolahan Salami apontou o primeiro golo aos 59 minutos e Odion Ighalo que esteve na origem do primeiro tento, conclui da melhor maneira uma grande penalidade a favor da Nigéria.

    Mas momento depois acabaria por ser expulso por se ter embrulhado com um adversário.

    Burkina Faso cumpriu a sua missão

    Favorito para este encontro frente aos Comores, Burkina Faso acabou por cumprir a sua tarefa com naturalidade acabando por ganhar a partida 2-0.

    Aristide Bancé (60 minutos) e Jonathan Zongo (80) form os marcadores de serviço. Assim junta-se à Uganda no topo da classificação deste Grupo-D. Pois Uganda venceu, entre portas, a turma do Botsuana por 2-0.

    Malaui, 1 – Ziumbabué, 2

    Uma boa parada para zimbabueanos que, em pleno ‘Stadium’ de Blantyre arrancaram uma vitória por 1-2.Malajila, aos 23 minutos e Billiat, aos 83 minutos fizeram o gosto o pé a favor de Zimbabué e John Banda marcou para os donos da casa, aos 24 minutos da partida. Este Grupo –L é comandado, após a primeira jornada com três pontos por Zimbabué e Suazilândia depois desta ter derrubado surpreendentemente a Guiné Conakry.

    Argélia, 4 – Seicheles, 0

    A Argélia impôs-se frente à frágil formação de Seicheles por um contudente 4-0. Os golos foram de autoria de Slimani (22), Soudani (33 e 47 minutos) e Bentalib, aos 90+1 minutos do jogo.

    Tunisinos constróem a maior goleada.

    Os tunisinos entraram furioso em campo e não deram trégua à turma do Djibuti. 8-1 é até agora a maior goleada desta primeira jornada das eliminatórias do CAN-2017, suplantando o copioso resultado construído pelos cabo-verdianos (7-1) sobre os santomenses.

    Resultados da 1ª jornada Elimintórias CAN-2017:

    Sexta-feira, 12 de Junho:
Guiné Conkry, 1 – Suazilândia, 2 (Grupo-L);

    Marrocos, 1 – Líbia, 0 (Grupo-F);

    Tunísia, 8 – Djibuti, 1 (Grupo-A);

    Sábado, 13 Junho:
Malaui, 1 – Zimbabué, 2 (Grupo-L);

    África do Sul, 0 – Gâmbia, 0 (Grupo-M);
Zâmbia, 0  – Guiné-Bissau, 0 (Grupo-E);

    Uganda, 2 – Botsuana, 0 (Grupo-D);
Angola, 4 – Centro Africana, 0 (Grupo-B);
Nigéria, 2 – Tchade, 0 (Grupo-G);
Cabo Verde, 7 – São Tomé e Príncipe, 1 (Grupo-F);
Burkina Faso, 2 – Comores, 0 (Grupo-D);
Senegal, 3 – Burundi, 1 (Grupo-K);
Mali, 2 – Sudão do Sul, 0 (Grupo-C);
Argélia, 4 – Seicheles, 0 (Grupo-J).

    Domingo, 14 Junho:
Moçambique,  – Ruanda, (Grupo-H);

    Etiópia,  – Lesoto, (Grupo-J);
Camarões,  – Mauritânia,  (Grupo-M);
Congo,  – Quénia, (Grupo-E);
RD Congo,  – Madagáscar, (Grupo-B);
Guiné Equatorial,  – Benin, (Grupo-C);
Gana,  – Maurícias, (Grupo-H);
Níger,  – Namíbi, (Grupo-K);
Togo,  – Libéria, (Grupo-A);
Gabão,  – Costa de Marfim, (Grupo-I);
Egipto,  – Tanzânia, (Grupo-Grupo-G) e
Sudão,  – Serra Leoa, (Grupo-I).

  • A DÍVIDA HIPOTECA O FUTURO DO PAÍS

    O Homem íntegro é incorruptível; aquele cuja integridade leva a agir de acordo com as suas convicções, sem fazer qualquer concessão que ponha em causa a sua honra e dignidade. Esse homem pode ser um político? Qual é o preço da convicção de um governante? Pode ser negociado? Será que, em nome da chefia, pode-se negociar as convicções de um povo? Claro que não! Assim diria um [...]

    Read more

    12 décembre 2009 | Djumbai

    Clicar aqui para Abrir o Djumbai          

    Read more

    Governo inviabiliza marcha dos professores

    Segundo Laureano Pereira, estes tipos de atitudes não são correctos, porque são uma violação aos direitos humanos, a liberdade de expressão, a liberdade de opinião e de manifestação dos professores. Afirmou que no quadro da preparação da marcha pacífica, entregou, na última segunda-feira, uma nota ao ministério do Interior e ao presidente da Câmara Municipal de Bissau, com vista [...]

    Read more

    Quem Ganha e Quem Perde Nesta Crise de Surdos?

    “Atualmente, não sei como lograremos passar da palavra a ação, atendendo a esse lastimável teatro do poder”. Achille Mbembe   Quando procuramos observar com isenção a atual crise política guineense o sentimento que nos interpela é o de estarmos perante uma patética e acirrada disputa em que o principal objetivo é esmagar o adversário e, consequentemente manter [...]

    Read more

    Dezanove (19) dos 190 fiéis muçulmanos não puderam ir à peregrinação na cidade Santa de Meca, este ano, para cumprirem o quinto pilar do Islão, mesmo pagando os 2.250.000 F CFa (dois milhões e duzentos e cinquenta mil francos CFA) exigidos a cada peregrino. Segundo informações disponíveis o alto comissário nacional para peregrinação aos lugares sagradas de Arábia Saudita não [...]

    Read more

    SINDEPROF desmente declarações da ministra da Educação sobre pagamento de salários aos professores

     “É triste quando um alto responsável de um órgão da soberania do país se dá ao luxo de fazer tais declarações”, lamentou Armando Vaz do SINDEPROF esta terça-feira. Conforme o sindicalista, «infelizmente», desde o anuncio da ministra, segunda-feira  qualquer professor que já passou pelos bancos saiu de lá muito chocado pois, «nenhum dinheiro foi colocado nos bancos». [...]

    Read more

    Voluntários fazem limpeza no Hospital Militar Principal

    O quinto grupo dos finalistas da Unidade Escolar «23 de Janeiro», Bloco 2, com o objetivo de contribuir para a melhoria das condições higiênicas do hospital Militar, em Bissau realizou, no sábado trabalhos de limpeza voluntária no recinto daquele centro hospitalar, inclusive o tratamento do relvado. Na ocasião, o presidente da comissão organizadora dos trabalhos prometeu desenvolver [...]

    Read more

    CARTA ABERTA AO ENGº CIPRIANO CASSAMÁ

    Fernando Ka Como guineense preocupado com os tristes acontecimentos no país, agitados por gente sem escrúpulos, cuja única mira é chegar ao poder a todo o custo, mesmo que seja para passar por cima de cadáveres. Sinto-me indignado com a forma de que se tem servido para atingir o seu objectivo e tudo a que pode deitar a mão serve. O senhor tem sido acusado de instigador do conflito de [...]

    Read more

    ENCONTRO/CONVÍVIO EM LISBOA DIA DA COMUNIDADE GUINEENSE EM PORTUGAL

    Os guineenses residentes em Portugal reuniram-se, no sábado dia 10 de Novembro, no Mercado da Ribeira, em Lisboa, para um djubaiinformal sobre a vida da comunidade na diáspora e a atual situação que se vive na Guiné-Bissau.  Espetáculos musicais, desfile de moda, lançamento de livros, exposição de artesanato e gastronomia foram os ingredientes da festa que começou a tarde e terminou[...]

    Read more

    CHUVA DE RUMORES EM BISSAU - POPULARIDADE DE JOMAV AQUÉM DE ZERO

    CHUVA DE RUMORES EM BISSAU - POPULARIDADE DE JOMAV AQUÉM DE ZERO O PAÍS VAI MAL. No espaço de dois anos o actual Governo é o QUINTO Governo da legislatura. Há salários em atraso; o Executivo governa sem Programa nem Orçamento (o limite legal do recurso a duodécimos foi atingido); as escolas públicas estão encerradas devido a greve dos professores. A Assembleia Nacional Popular [...]

    Read more

    Veja mais artigos >>