• GOVERNO PREVÊ ATINGIR 21 MEGA WATTS ATÉ FINAL DESTE ANO

    30 octobre 2014 | Sociedade | Admin
  • O governo decidiu aumentar a produção energética para Bissau de sete pata 17 megawatts, anunciou quarta-feira numa conferencia de imprensa, o ministro da Energia e Industria, Florentino Mendes Pereira.

    Mendes Pereira falava apos a assinatura de um contrato para o efeito com a empresa de fornecimento de energia denominada Aggreko PLC.

    Segundo o ministro, com a reparação de um grupo de geradores de corrente electrica  de mais 4 MW, até Dezembro próximo a capita terá a sua produção energética aumentada para 21 MW, que consumirão diariamente 120 mil litros de gasóleo.

    “ A Empresa de Eletricidade e Aguas da Guiné-Bissau (EAGB) passará a gastar diariamente cerca de 63 milhões de francos cfa. Este montante não é reembolsável comercialmente, através do tarifário actualmente praticado pela EAGB” esclareceu.

    Só em combustível, segundo Mendes Pereira, e sem contar com outras despesas, a EAGB vai gastar cerca de 1 bilhão de fcfa mensalmente.

    “ A iniciativa de aluguer do grupo de gerador de 10 MW é tanto mais pertinente quanto o facto de que sem ela teríamos que esperar até o final de 2016, para a concretização da instalação da nova central de 15 MW, localizada em Bôr”, declarou.

    Aquele responsável confirmou  que existem  vários projectos concernentes a implementação de energias limpas no país.

    Mendes Pereira apelou ao espirito de cidadania do povo guineense, no sentido de contribuir para a boa  gestão da EAGB, pelo bom funcionamento de toda a cadeia, através da  denuncia de más praticas, furtos de gasóleo e fraudes na rede, que ainda se verificam.

    “Estas iniciativas contribuirão para que se eleve não só a distribuição mas também a qualidade do serviço prestado e consequentemente a qualidade de produto que é oferecido à todos os consumidores.

    Segundo aquele responsável, a equipa que dirige herdou uma situação difícil com 6 meses de grande défice no fornecimento de água e energia eléctrica à população de Bissau.

    Dada as circunstâncias, sentiu-se a necessidade de alargar a capacidade de produção para 40 MW, potencia mínima capaz de satisfazer as necessidades da capital neste momento.

    ANG

  • O líder do Movimento Patriótico manifestou-se sexta-feira contra uma eventual constituição de um Governo de unidade nacional, mostrando a sua inexistência na Constituição da República. Por isso, defende que se não for o PAIGC, se não for uma nova maioria, então que se dissolva a Assembleia Nacional Popular permitindo ao povo eleger novos parlamentares. José Paulo Semedo lembrou [...]

    Read more

    RAMOS HORTA, VAI VENCER A BATALHA CONTRA O TEMPO?

    No fim do mês de Janeiro corrente, o Senhor José Ramos Horta vai iniciar o exercício das suas actividades como Representante Especial do Secretário-Geral das Nações Unidas na República da Guiné-Bissau. Apesar da minha profunda convicção, de que anima-o a intenção de trabalhar em prol da paz e da estabilidade, e que esse sentimento é sincero, permita-me dizer que não acredito que vai [...]

    Read more

    «Não há crise política na Guiné-Bissau, mas sim impasse institucional» - Soares Sambu, ministro dos Negócios Estrangeiros A situação na Guiné-Bissau foi novamente objecto de um debate no Conselho de Segurança da ONU. O relatório do secretário-geral não é muito otimista, se o impasse persistir. O Conselho de Segurança mantém as sanções e acredita que esta medida permitiu [...]

    Read more

    A organização não governamental internacional Greenpeace” denunciou que mais de 90 (noventa) navios pescam ilegalmente nas águas territoriais da Guiné-Bissau. A denúncia consta no relatório sobre os trabalhos de fiscalização levados a cabo pelo navio da organização durante quatro dias nas águas territoriais da Guiné-Bissau, que foi apresentado ao Presidente da República, José [...]

    Read more

    GOVERNO DOA 6500 SACOS DE AÇUCAR À COMUNIDADE MUÇULMANA

    O Primeiro-ministro, Domingos Simões Pereira procedeu dia 03 a entrega de 6500 sacos de açúcar à Comunidade muçulmana, partidos políticos, órgãos da soberania e  sociedade civil no quadro do Ramadäo, mês de jejum. Durante a cerimônia de entrega dos donativos, o chefe do executivo disse que o gesto feito pelo governo é realizado em nome de todas as autoridades guineenses. Domingos [...]

    Read more

    Da Guiné portuguesa à Guiné-Bissau O RETRATO DE UM PAÍS A SERPEAR NO «MAR DE ESCOLHOS» E INCERTEZAS

    A Guiné-Bissau, Pátria de Cabral, de Homens valorosos e corajosos, está situada na costa ocidental da África. Presumo que o(a) leitor(a) já terá ouvido falar deste lindo país que nos últimos anos tem ocupado as primeiras páginas dos maiores jornais do mundo que, diariamente, editam milhares de exemplares e são consultados on-line por milhões de leitores. Passou nos telejornais e nas [...]

    Read more

    CARTA ABERTA AO ENGº CIPRIANO CASSAMÁ

    Fernando Ka Como guineense preocupado com os tristes acontecimentos no país, agitados por gente sem escrúpulos, cuja única mira é chegar ao poder a todo o custo, mesmo que seja para passar por cima de cadáveres. Sinto-me indignado com a forma de que se tem servido para atingir o seu objectivo e tudo a que pode deitar a mão serve. O senhor tem sido acusado de instigador do conflito de [...]

    Read more

    BACIRO EMBALÓ ASSASSINADO EM GÃ MAMUDO : &quote;REGISTO BIOGRÁFICO&quote;

    Acontece que no dia 19/08/2016, aladje Baciro Embalo, mais conhecido por Aladje Baciro Embalo, mais conhecido por Aladje Sidi Cantchungo barbaramente assassinado a tiro, a queima roupa, junto a porta da sua casa, em Gã Mamudo, sector de Mansoa região de Oio, por um homem desconhecido. O aladje Seidi Cantchungo, foi surpreendido pelo assassino, quando se preparava para ir realizar a sua [...]

    Read more

    Os representantes do Fórum da Diáspora para o Apoio ao Desenvolvimento da Guiné-Bissau depositaram, ontem a tarde uma carta a Embaixada do país em Portugal na qual apelam ao entendimento entre as partes (José Mário Vaz e Domingos Simões Pereira). Estas individualidades acreditam que não há nada de irrevogável nesta crise política, por isso apelam ao diálogo como o único e exclusivo[...]

    Read more

    O Movimento dos Cidadãos Livres (MCL) reclamou esta quarta-feira, através de uma nota, a criação de um tribunal constitucional que, teria como propósito dirimir os conflitos e averiguar a constitucionalidade das leis e decisões decorrentes do exercício dos titulares de cargos públicos. Neste ótica, o MCL recomenda uma revisão profunda da Constituição da República, de forma a [...]

    Read more

    Veja mais artigos >>