• “GREENPEACE” DETECTA MAIS DE 90 NAVIOS NA PESCA ILEGAL NAS ÁGUAS TERRITORIAIS

    31 mars 2017 | Nacional | Admin
  • A organização não governamental internacional Greenpeace” denunciou que mais de 90 (noventa) navios pescam ilegalmente nas águas territoriais da Guiné-Bissau.

    A denúncia consta no relatório sobre os trabalhos de fiscalização levados a cabo pelo navio da organização durante quatro dias nas águas territoriais da Guiné-Bissau, que foi apresentado ao Presidente da República, José Mário Vaz, durante a visita que o Primeiro Magistrado do país efectuou ao navio da organização que se encontra atracado no Cais de Bissau.

    Pavel Klinckhamers, chefe do projecto da Greenpeace, informou ao Chefe de Estado que durante a operação de fiscalização conseguiram capturar oito navios que se encontravam a pescar ilegalmente nas águas territoriais da Guiné-Bissau e que já se encontram no Cais de Bissau.

    Aquele responsável do navio ecológico aconselhou as autoridades competentes do sector das pescas a inspecionarem todos os navios de pesca estrangeira com licenças para a pesca no país.

    Klinckhamers recomendou as autoridades guineenses a criação de frotas regionais para o abastecimento do pescado em todas as regiões do país.

    Em resposta às denúncias da Greenpeace, o Presidente da República disse estar triste e chocado com a notícia da existência de mais de 90 barcos a pescar ilegalmente nas águas do país.

    “Isso vem confirmar tudo o que tenho vindo a dizer. Nos primeiros tempos chamei a atenção de que havia desvios de procedimentos. Confirmou-se quando o novo ministro das Finanças tomou posse, porque 72 horas depois conseguiu dizer claramente como é que os recursos do país estavam a ser geridos”, disse.

    O Presidente da República sublinhou que igualmente chamou a atenção sobre a situação da Zona Económica Exclusiva do país.

    “Confirma-se. Hoje acabamos de receber todas as informações acerca do nosso mar. São 90 barcos a pescar de uma forma ilegal. Isso é extremamente grave para o nosso país” São as 90 escolas, hospitais, estradas perdidas”, lamentou José Mário Vaz.

    O chefe de Estado disse que existem pessoas por detrás de tudo isso a ganhar muito dinheiro à custa do povo guineense, acrescentando que “chegou a hora de abrirmos os olhos para fiscalizar os recursos do país”.

    “Vamos tomar medidas. Eu vou falar com o Primeiro-ministro para tomarmos as medidas para sanear a situação, doa a quem doer”, prometeu José Mário Vaz.

    ANG

  • AS FINANÇAS PÚBLICAS: Problemas e Soluções (2)

    O pagamento do salário, na Guiné-Bissau, constitui um das questões que afectam consideravelmente o funcionamento normal das instituições do país e, consequentemente, contribui para a sua fragilização, originando distorções e injustiças gritantes na sua Administração Pública. A título ilustrativo, verifica-se que o salário auferido por um servente é pago 60 vezes pelo mais alto [...]

    Read more

    FALTA DE IODO COMPLICA SAÚDE MENTAL DA CRIANÇA

    A Direcção-Geral da Prevenção e promoção de Saúde através da Direcção do Serviço de Alimentação, Nutrição e Sobrevivência das Crianças, com o apoio do UNICEF procedeu terça-feira a cerimônia de entrega da Máquina de Iodização de sal bem como equipamentos informáticos com os respectivos assessórios. Após a entrega, o Representante do UNICEF na Guiné-Bissau, Abubacar [...]

    Read more

    Crime organizado ganha força nas ilhas da Guiné-Bissau

    Quando lhe apontaram uma pistola, Armando Nhaga virou costas e fugiu da pista de aviação da ilha de Bubaque, Guiné-Bissau, onde trabalha como guarda. Armando, 60 anos, testemunhou ao longo da última década a aterragem de voos clandestinos que se suspeita estarem ligados ao tráfico de cocaína da América do Sul para a Europa. "Na hora em que chegavam diziam-me: 'sai'. E eu saía. Não [...]

    Read more

    «Não há crise política na Guiné-Bissau, mas sim impasse institucional» - Soares Sambu, ministro dos Negócios Estrangeiros A situação na Guiné-Bissau foi novamente objecto de um debate no Conselho de Segurança da ONU. O relatório do secretário-geral não é muito otimista, se o impasse persistir. O Conselho de Segurança mantém as sanções e acredita que esta medida permitiu [...]

    Read more

    Em resposta ao apelo das organizações da sociedade civil guineense agrupadas na Aliança Nacional para Paz e Democracia que decidiu avançar para desobediência civil a nível nacional, hoje, o Sindicato  dos Motoristas e Rodoviários da Guiné-Bissau (SMR) revelou que não vai aderir à iniciativa, por considerar os atuais acontecimentos no país de cunho político e que devem ser resolvidos [...]

    Read more

    Mamadu Iaia Djaló, líder do Partido da Nova Democracia (PND), demitiu-se esta sexta-feira das funções de conselheiro especial do Presidente da República por questões de "honestidade política". Em carta dirigida ao Presidente José Mário Vaz, o líder do PND justifica a sua decisão alegando "questões de princípios, coerência, transparência e honestidade política" como motivos que o[...]

    Read more

    Os representantes do Fórum da Diáspora para o Apoio ao Desenvolvimento da Guiné-Bissau depositaram, ontem a tarde uma carta a Embaixada do país em Portugal na qual apelam ao entendimento entre as partes (José Mário Vaz e Domingos Simões Pereira). Estas individualidades acreditam que não há nada de irrevogável nesta crise política, por isso apelam ao diálogo como o único e exclusivo[...]

    Read more

    O diretor da Educação do Sector Autônomo de Bissau alertou, sexta-feira em Bissau aos pais e encarregados de educação que, o processo de matrícula nas escolas públicas do país irá terminar no dia 25 de Setembro. “Assim que o prazo fechar vou reunir, mais uma vez, os diretores das escolas com vista a fazer balanço dos lugares ainda restantes. Caso houver vagas, qualquer interessado [...]

    Read more

    RAMOS HORTA, VAI VENCER A BATALHA CONTRA O TEMPO?

    No fim do mês de Janeiro corrente, o Senhor José Ramos Horta vai iniciar o exercício das suas actividades como Representante Especial do Secretário-Geral das Nações Unidas na República da Guiné-Bissau. Apesar da minha profunda convicção, de que anima-o a intenção de trabalhar em prol da paz e da estabilidade, e que esse sentimento é sincero, permita-me dizer que não acredito que vai [...]

    Read more

    Greve dos professores: Direecção do Sindeprof fala em 100 por cento de aderência

    Segundo Eusébio Có, em conferência de imprensa conjunta promovida pelo SINDEPROF e os candidatos à liderança deste sindicato, muitas das vezes os professores ficam velhos antes do tempo devido à falta de meios e má alimentação. “O SINDEPROF realizou esta conferência de imprensa para exprimir igualmente as suas ideias concernentes a declaração do porta-voz do governo segundo a qual[...]

    Read more

    Veja mais artigos >>