• Há Chantagem emocional para colocar o povo contra JOMAV?

    15 août 2015 | Politica | Admin
  • Não é por acaso que o Presidente da República, José Mário Vaz, não marcou presença, quando devia presidir o acto da celebração da efeméride do 3 de Agosto e a cerimônia de entrega das obras de requalificação da Praça dos Mártires de Pindjiguiti que veio a ser, presidido pelo presidente da ANP, Cipriano Cassamá, que no seu discurso se preocupou em tecer elogios ao governo e trazer a público o telefonema particular com  Engenheiro Carlos Correia, alto dirigente do PAIGC ao invés de se focalizar no acto central.

    Como ilustre convidado à cerimônia, o Combatente da Liberdade da Pátria e ex-presidente cabo-verdiano Pedro Verona Pires chegou ao país na noite que antecedia a cerimônia da entrega das obras de requalificação da praça. Nas primeiras horas do dia D recebeu informações sobre JOMAV de modo que não teve tempo para digerir as informações porque tinha que discursar dentro de horas.

    Durante o acto foram proferidos diferentes discursos mas com a maioria à dar ênfase ao aspecto político em detrimento ao carácter social da data como foi o caso do ministro da Função Pública, Admiro Nelson Belo, que anunciou, para este ano, o reajuste salarial ansiosamente esperado pelos funcionários públicos guineenses.

    Mas os mais fortes dentre os discursos proferidos naquele dia foram, francamente, os do presidente da Câmara Municipal de Bissau (CMB), Adriano Ferreira (Atchutchi) e do ex-presidente de Cabo Verde, Pedro Verona Pires, que nos seus dizeres prenunciavam a predisposição de JOMAV em “derrubar o governo”, segundo veio a anunciar o próprio presidente da ANP, Cipriano Cassamá dias depois perante os deputados e toda a nação guineense.

    Mas onde estão os homens do Estado? Pergunto, porque o presidente da ANP não demonstrou nenhuma noção do segredo de Estado, isto para um responsável político que pretende um dia vir assumir a dianteira deste país.

    Doutro modo, pergunto: porque é que Cipriano Cassamá disse publicamente no salão da Assembleia Nacional Popular que falou ao Presidente da República e que este lhe demonstrou a sua intenção em derrubar o governo se bem que foi uma conversa intrainstitucional sobre um assunto que devia ser tratado sob a capa de segredo de Estado?

    Bom, voltando aos discursos do 3 de Agosto, era como se o presidente da CMB soubesse que o seu discurso viria a provocar a reação do Presidente da República. Na verdade a química entre os discursos de Atchutchi e Pedro Pires e o temperamento de José Mário Vaz surtiu efeito indesejável para o país.

    “Temos que nos reconciliar com este povo porque temos estado a prestar maus serviços aos guineenses através das disputas políticas que não nos levam a lado nenhum se não nos satisfazermos à nós próprios”, disse Adriano Ferreira no seu discurso de 3 de Agosto sem mencionar o nome do responsável político ao qual se referia, numa altura em que todos marcaram presença menos o Presidente da República.

    Por sua vez o comandante Pedro Pires disse estar confiante de que com a nova liderança de Domingos Simões Pereira e o presidente da Assembleia Nacional Popular a Guiné-Bissau o país vai mudar. “Esta é uma nova geração que não está envolvida em muitas “sakalatas” que o presidente da CMB disse”, afirmou o comandante Pedro Pires adiantando que é uma oportunidade para o povo da Guiné-Bissau ter uma liderança jovem competente com formação e comprometida com o país, porque há duas coisas, uma é sermos comprometidos com a nossa própria pessoa, onde só os nossos assuntos de hoje nos interessam.

    Pedro Pires elogiou todos, o governo, a ANP e o povo, deixando de fora a Presidência da República que esteve representado por alguns dos seus conselheiros mas nem por isso foram mencionados. O mais evidente de tudo foi o fecho do discurso de Pedro Pires que foi conclusivo na sua afirmação de que o povo da Guiné-Bissau sempre respondeu corretamente nas urnas mas os seus eleitos é que nunca souberam corresponder com as expectativas.

  • ACORDO DE CONAKRY: FIM DA CRISE OU CRISE EM STAND BY?

      "Ter razão não dá razão", diz-se algures. A crise despoletada em Agosto de 2015 com a demissão do primeiro Governo da legislatura pelo Presidente da República, levou que tentativas várias fossem feitas para serenar os ânimos (no círculo do PAIGC), enquanto em níveis mais amplos, multilaterais, eram desenvolvidas iniciativas e acções que acabaram por envolver a comunidade [...]

    Read more

    Os representantes do Fórum da Diáspora para o Apoio ao Desenvolvimento da Guiné-Bissau depositaram, ontem a tarde uma carta a Embaixada do país em Portugal na qual apelam ao entendimento entre as partes (José Mário Vaz e Domingos Simões Pereira). Estas individualidades acreditam que não há nada de irrevogável nesta crise política, por isso apelam ao diálogo como o único e exclusivo[...]

    Read more

    SOLICITATION DE MANIFESTATION D’INTERET

    República da   Guiné-Bissau MINISTÉRIO DAS PESCAS PROJET REGIONAL DES PECHES EN AFRIQUE DE L’OUEST P119380 et P122182 IDA Grant Number H6530 – GW; GEF Grant Number 99597   SOLICITATION DE MANIFESTATION D’INTERET POUR LA SELECTION D’UN CONSULTANT INDIVIDUEL POUR L’ETUDE SUR LA TAXATION DES CAPTURES REALISEES PAR LES FLOTTES ETRANGERES ET NATIONALES DANS LA ZONE ECONOMIQUE [...]

    Read more

    PM Embaló promete incentivar partidos a acabarem com a crise política no país

    O novo primeiro-ministro Umaro Sissoco Embaló disse que vai falar com todos os partidos representados no parlamento para incentiva-los a acabarem com a crise política que assola o país há 15 meses. Empossado no cargo na sexta-feira pelo Presidente José Mário Vaz, o novo primeiro-ministro partiu no sábado para uma visita de trabalho ao senegal onde, disse, que ia fazer o ponto da [...]

    Read more

    O líder do Movimento Patriótico manifestou-se sexta-feira contra uma eventual constituição de um Governo de unidade nacional, mostrando a sua inexistência na Constituição da República. Por isso, defende que se não for o PAIGC, se não for uma nova maioria, então que se dissolva a Assembleia Nacional Popular permitindo ao povo eleger novos parlamentares. José Paulo Semedo lembrou [...]

    Read more

    Segurança Pública: Autoridades de segurança desencadeiam acções de combate à onda de criminalidades

    “Todos os dias vamos passar a fazer patrulhamentos através de equipas de rusgas para diminuir substancialmente a onda de criminalidades que está a aumentar no nosso país”, garantiu aquele responsável durante a cerimónia de transferência de dossiês. Luís Manuel Cabral disse que dada a situação “dificílima” que o país está a viver, em termos de criminalidade, exige-se a [...]

    Read more

    PAIGC DIVIDIDO, O PAÍS À DERIVA!

    Após as últimas eleições tidas como justas e transparentes, ainda não percebi quando foi findado o governo de transição. Até agora não senti esse corte. Sinto que ainda vivemos na transição para a estabilidade e tranquilidade verdadeira e necessária! Verdadeira no sentido transparente: sem “jogos e joguinhos”, sem dia de “cair”. Estamos sempre na espectativa! Todo este [...]

    Read more

    Quem Ganha e Quem Perde Nesta Crise de Surdos?

    “Atualmente, não sei como lograremos passar da palavra a ação, atendendo a esse lastimável teatro do poder”. Achille Mbembe   Quando procuramos observar com isenção a atual crise política guineense o sentimento que nos interpela é o de estarmos perante uma patética e acirrada disputa em que o principal objetivo é esmagar o adversário e, consequentemente manter [...]

    Read more

    GUINÉ-BISSAU: De politiquices à instabilidade crónica

    Transitamos para a democracia, mas não olhamos atrás para ver se as raízes do colonialismo e da ditadura estão mortas.   Recentemente o país completou um ano de crise institucional entre e intra órgãos de soberania que o deixou sem norte e nem rumo face aos propósitos do desenvolvimento e de boa governação. O atual contexto de incerteza alicerçado num obscurantismo [...]

    Read more

    AVIS D’APPEL D’OFFRES NATIONAL (AAON)

    República da Guiné-Bissau MINISTÉRIO DAS PESCAS ------------- PROJET REGIONAL DES PECHES EN AFRIQUE DE L’OUEST (PRAO-GB) P119380 IDA Grant Number H6530 – GW AVIS D’APPEL D’OFFRES NATIONAL (AAON)  CONSTRUCTION D’UNE STATION CÔTIERE RADAR A PONTÃO – ILE DE CAIÓ AON No. MP/PRAO-GB/T01/2016 Le présent Avis d’appel d’offres suite à l’Avis [...]

    Read more

    Veja mais artigos >>