• Líder do PND demite-se do cargo de Conselheiro Especial do PR JOMAV

    6 mai 2017 | Politica | Admin
  • Mamadu Iaia Djaló, líder do Partido da Nova Democracia (PND), demitiu-se esta sexta-feira das funções de conselheiro especial do Presidente da República por questões de « honestidade política ».

    Em carta dirigida ao Presidente José Mário Vaz, o líder do PND justifica a sua decisão alegando « questões de princípios, coerência, transparência e honestidade política » como motivos que o levam a deixar de ser conselheiro do chefe de Estado.

    « Esta decisão vem na sequência do posicionamento político do Partido da Nova Democracia (PND) em relação à formação do atual Governo e ainda em relação ao posicionamento do mesmo sobre o Acordo de Conacri », diz Iaia Djaló.

    Na carta de pedido de demissão, Iaia Djaló afirma ainda que, na qualidade de líder do PND, se sente na obrigação de assumir as suas responsabilidades partidárias e ainda alinhar-se com os valores da democracia.

    Mamadu Iaia Djalo foi nomeado conselheiro especial do Presidente José Mário Vaz a 16 de Outubro de 2016.

    O PND, UM, PCD e PAIGC são os quatro partidos com assento parlamentar que não reconhecem o Governo liderado pelo General Umaro Embaló cuja demissão exigem ao Chefe de Estado.

    Dos cinco partidos representados na Assembleia Nacional Popular apenas o Partido da Renovação Social (PRS), liderado por Alberto Nambeia integra oficialmente o actual Governo que as restantes formações políticas consideram “ilegal” e “inconstitucional”.

    As quatro formações políticas acusam o Presidente José Mário Vaz de incumprimento do Acordo de Conakry ao nomear Umaro Embaló como primeiro-ministro depois da demissão de Baciro Dja.

    O acordo é um instrumento político patrocinado pela Comunidade Económica de Estados da África Ocidental (CEDEAO) para saída da crise política na Guiné-Bissau, que prevê a formação de um Governo integrado por todos os partidos representados na ANP e que a figura do primeiro-ministro seja de consenso e de confiança do Chefe de Estado.

  • Da Guiné portuguesa à Guiné-Bissau O RETRATO DE UM PAÍS A SERPEAR NO «MAR DE ESCOLHOS» E INCERTEZAS

    A Guiné-Bissau, Pátria de Cabral, de Homens valorosos e corajosos, está situada na costa ocidental da África. Presumo que o(a) leitor(a) já terá ouvido falar deste lindo país que nos últimos anos tem ocupado as primeiras páginas dos maiores jornais do mundo que, diariamente, editam milhares de exemplares e são consultados on-line por milhões de leitores. Passou nos telejornais e nas [...]

    Read more

    PAIGC É UM MAL NECESSÁRIO?

    A Guiné-Bissau vive uma grave crise política e institucional quando, em condições normais, devia estar longe dessa situação devido a particularidade do cenário político. Vencedor das eleições democráticas de 2014, o PAIGC, apoiante do candidato presidencial vitorioso, enquanto primeira força política do país tem vindo a demonstrar incapacidade de gerir o poder absoluto que detém. [...]

    Read more

    ENTRENÓS KU NÓS : Desafio ao PRS - Partido da Rebovação Social

    “A Liberdade Mental deve ser da autoria do Próprio Individuo”- Dr. Kumba Yalá Desde as eleições muito tenho escrito sobre a Guiné- Bissau, mas nunca tinha dedicado umas linhas ao maior partido da Oposição. Melhor, ao Partido do arco da governação. Um partido que, num total de 102 deputados na assembleia da república, por ter 41 deputados merece toda a atenção de todos os [...]

    Read more

    Movimento Nacional de Apoio a boa Governação defende busca de consenso como solução para actual crise política

    Abdel Abduramane Djalo, falava esta terça-feira numa conferência de imprensa para tornar público a intenção da sua organização na busca de solução para actual crise na ANP. Segundo este jovem activista é urgente encontrar consenso interno no seio do Partido Africano da Independencia da Guiné e Cabo Verde (PAIGC) e na Assembleia Nacional Popular (ANP), para uma governação sólida da[...]

    Read more

    Mudanças climáticas: Ministério da Educação promete integrar matéria ambiental no sistema de ensino

    Maria Odete Semedo falava durante a cerimónia de lançamento do Calendário 2016 sobre “O Parque natural dos Tarrafes do Rio Cacheu, face às Mudanças Climáticas” produzidas pela ONG Tiniguena. De acordo com a ministra, pretende-se com a iniciativa facultar aos estudantes e as comunidades conhecimentos e habilidades para melhorar as suas formas de lidar com problemas ambientais. [...]

    Read more

    AOS HOMENS DA ARTE?E CULTURA: OS ETERNOS PRESENTES SEMPRE ESQUECIDOS

    Sempre que um FIDJU DI TERA é chamado noutra partes do mundo por motivos outros distantes das "eternas crises" nacionais, rejubilamos, congratulamos por isso. Cada HOMENAGEM, cada premiação, reconhecimento sentido do talento, das capacidades de um FIDJU DI TERA, é a expressão de BALUR DI TCHON - FIDJU DI GUINÉ BALI PENA. Fora das reduzidas dimensões das politiquices que minam a [...]

    Read more

    MANCHAS DE PÓLVORA NA ROSEIRA E NO CAPIM

    Luis Carlos Alves de Melo*  Disna, i ka di aos ku tera tindji di burmedju, ku sukuru bisti bom dia (não é de hoje que a terra se tinge de vermelho, e que a luz se transforma em escuridão). A citação com a qual este artigo principia ilustra um dos capítulos de uma obra pouco difundida na esfera cultural: trata-se do livro Entre a Roseira e a Pólvora, o Capim[1], da poetisa guineense [...]

    Read more

    GUINEENSES NAS RUAS DE BISSAU CONTRA JOSÉ MÁRIO VAZ

    Manifestantes exigiram, este sábado (25.03), na Guiné-Bissau, a demissão do Presidente da República. Segundo os movimentos sociais, José Mário Vaz é o principal responsável pela crise que se arrasta no país. Centenas de pessoas foram às ruas da capital guineense, Bissau, no sábado (25 de março), para exigir a renúncia do Presidente José Mário Vaz. A manifestação pacífica foi [...]

    Read more

    Greve de professores: SINDEPROF agenda marcha pacífica de reivindicação contra o silêncio do governo

    O SINDEPROF (Sindicato Democrático dos Professores) agendou uma marcha pelas ruas de Bissau esta quinta-feira como forma de chamar a atenção para as causas da reivindicação em curso. É necessário acompanhar a actual greve da classe com uma marcha pacífica no sentido de informar a opinião pública nacional e internacional sobre a posição do governo relativamente as reivindicações da[...]

    Read more

    Para evitar pagamento criadores de gado resistem à vacinação de animais

    "Estamos a deparar com alguns entraves provocados pela resistência de algumas pessoas em vacinar os gados, alegando falta dinheiro; mas, pela injeção de cada animal cobramos um preço muito simbólico”. O esclarecimento é do vice-presidente da Associação dos Criadores de Gado, aquando do início da campanha de vacinação de gado hoje na cidade de Bafatá. Os trabalhos desenvolvidos [...]

    Read more

    Veja mais artigos >>