• « Não há crise política na Guiné-Bissau, mas sim impasse institucional » – Soares Sambu, MNECIC

    9 février 2017 | Politica | Admin
  • «Não há crise política na Guiné-Bissau, mas sim impasse institucional» – Soares Sambu, ministro dos Negócios Estrangeiros

    A situação na Guiné-Bissau foi novamente objecto de um debate no Conselho de Segurança da ONU. O relatório do secretário-geral não é muito otimista, se o impasse persistir.
    O Conselho de Segurança mantém as sanções e acredita que esta medida permitiu deixar os militares longe de qualquer tentativa de tomada do poder pela força. Outra forma de pressionar as autoridades é usada: a suspensão da ajuda financeira ao orçamento do Estado pelo Banco Mundial, o Banco Africano de Desenvolvimento (BAD) e a União Europeia.

    Para enfrentar esta situação, o Presidente José Mário Vaz acaba decretar, na quarta conferência dos embaixadores, que um plano de redução de representações diplomáticas é necessário, « o país não dispõe de meios financeiros para manter embaixadas em todas as partes ».
    Atualmente, a Guiné-Bissau tem 16 representações diplomáticas no estrangeiro, incluindo seis na Europa. O atual governo de Baciro Dja está em dificuldades, o prazo de 60 dias para apresentar o programa de governo foi largamente ultrapassado. A lei estabelece que, se o prazo não for cumprido, o governo deve demitir-se.
    Mas a culpa não cai no governo, mas sim na presidência da Assembleia Nacional Popular, que se esforça para impedir que esta votação tenha lugar.
    Como disse o chanceler atual, Soares Sambu, para diplomatas africanos « não há crise política na Guiné-Bissau, mas um impasse institucional. »
    O Presidente José Mário Vaz deve abordar a situação política e económica no país durante a Assembleia Geral das Nações Unidas, mas, antes disso, multiplicou deslocações no continente.
    Visitou o Congo – Brazzaville e Sudão.
    O Presidente solicitou ao general Embalo, para organizar a viagem africana, um especialista em questões regionais já foi no passado um missi dominici de outros chefes de Estado da sub-região.
    Em Brazzaville, o acolhimento foi extremamente quente, o Presidente Vaz foi ouvir e procurar aconselhamento do seu « amigo » Sassou Nguesso. Em Cartum, uma reunião de trabalho foi realizada na Presidência e uma entrevista foi arranjada com a liderança do Banco árabe para o Desenvolvimento Económico (BADEA).
    O Presidente José Mário Vaz também pode atender empresários sudaneses e do Golfo. Esta visita a Cartum foi objecto de críticas, uma vez que o presidente Omar al-Bashir é procurado pelo Tribunal Penal Internacional (TPI) por genocídio.
    O Presidente Vaz respondeu a essas críticas afirmando que a sua preocupação era « arranjar soluções para os problemas econômicos do país » e que ele não interfere nos assuntos de outros países e que « eu também defendo direitos humanos. Desde que eu governo o país, ninguém foi capturado, ninguém morreu, há liberdade de imprensa e de expressão « .

    No seu regresso a Bissau, o presidente surpreendeu muita gente declarando em tom firme « enquanto eu for chefe de estado, não dissolverei o parlamento », uma maneira de convidar os principais partidos políticos a se entenderem e levar o PAIGC a maior abertura.
    Uma saída do impasse político parece possível após a visita a Bissau dos Chefes de Estado de Guiné Conakry e Libéria como parte de uma missão de bons ofícios da CEDEAO.
    Esta missão recomendou o estabelecimento de um governo de « consenso » até as eleições de 2018. Este governo terá como tarefa principal a revisão da constituição, redefinindo da missão do Executivo, o Parlamento, o judiciário, a reforma da lei eleitoral e a lei de criação de partidos políticos.
    Um extenso programa, mas um vislumbre de esperança está surgindo sob a liderança do novo Presidente da Comissão da CEDEAO, o beninense Alain Marcel de Souza, para uma possível saída desta crise uma vez que dura há mais de um ano.

    Lettre de la lusophonie

  • A HISTÓRIA NÃO ISENTARÁ QUEM NÃO MERECE "Só não acaba o que não começou", diz DITADO BEAFADA. Penso nalguns dos grandes acontecimentos, apenas dos últimos CEM ANOS, que marcaram o MUNDO de forma assaz indelével para serem esquecidos. Podia apontar algumas das grandes invenções científicas que mudaram a vida e a face do mundo mas, inclino a favor destes: - A Primeira Guerra [...]

    Read more

    Eliminatórias CAN2017 – Zambia - Guiné-Bissau (0-0)

    A Guiné-Bissau arrancou, em Lusaca, sábado, 13 de Junho, um precioso empate (0-0) frente à Zâmbia. A jornada de sábado da competição foi auspiciosa para os países africanos de expressão portuguesa. Depois da vitória copiosa de Cabo Verde sobre os irmãos de São Tomé e Príncipe – assim ditou o calendário – Angola venceu, em casa, a formação da República Centro Africana por [...]

    Read more

    12 décembre 2009 | Djumbai

    Clicar aqui para Abrir o Djumbai          

    Read more

    A antena da Guiné-Bissau da Rede de Paz e Segurança para as Mulheres no Espaço da CEDEAO (RPSME) promoveu, hoje, uma marcha das mulheres pela paz e estabilidade, para ultrapassar a atual crise vigente na Guiné-Bissau. O evento decorreu do aeroporto Osvaldo Vieira à Praça dos Heróis Nacionais, uma distância de cerca de sete quilómetros A responsável da organização na Guiné-Bissau[...]

    Read more

    O diretor da Educação do Sector Autônomo de Bissau alertou, sexta-feira em Bissau aos pais e encarregados de educação que, o processo de matrícula nas escolas públicas do país irá terminar no dia 25 de Setembro. “Assim que o prazo fechar vou reunir, mais uma vez, os diretores das escolas com vista a fazer balanço dos lugares ainda restantes. Caso houver vagas, qualquer interessado [...]

    Read more

    PR JOMAV ESTÁ Satisfeito COM O "AMBIENTE QUE VIVE HOJE NA GUINÉ BISSAU" MAS ... HÁ QUESTÕES QUE INTIMAM O GUINEENSE "A alteração da Constituição não é matéria da competência do Presidente da República, é matéria da competência dos guineenses e dos políticos. É uma matéria da exclusiva competência do povo e compete ao povo falar sobre isso", disse no dia 13 de setembro (era [...]

    Read more

    República da Guiné-Bissau MINISTÉRIO DAS PESCAS ­­DIRECÇÃO GERAL DA FORMAÇÃO E APOIO AO DESENVOLVIMENTO DAS PESCAS PROJET REGIONAL DES PECHES EN AFRIQUE DE L’OUEST (PRAO GUINEE-BISSAU) APPEL À MANIFESTATION D’INTERET (AMI) POUR LE POSTE D’ASSISTANT ADMINISTRATIF DU PRAO-GUINEE BISSAU Nº de Prêt/Crédit/Don : IDA PPF V0900 Projet ID : P161906   Le Gouvernement[...]

    Read more

    GOVERNO DOA 6500 SACOS DE AÇUCAR À COMUNIDADE MUÇULMANA

    O Primeiro-ministro, Domingos Simões Pereira procedeu dia 03 a entrega de 6500 sacos de açúcar à Comunidade muçulmana, partidos políticos, órgãos da soberania e  sociedade civil no quadro do Ramadäo, mês de jejum. Durante a cerimônia de entrega dos donativos, o chefe do executivo disse que o gesto feito pelo governo é realizado em nome de todas as autoridades guineenses. Domingos [...]

    Read more

    A organização não governamental internacional Greenpeace” denunciou que mais de 90 (noventa) navios pescam ilegalmente nas águas territoriais da Guiné-Bissau. A denúncia consta no relatório sobre os trabalhos de fiscalização levados a cabo pelo navio da organização durante quatro dias nas águas territoriais da Guiné-Bissau, que foi apresentado ao Presidente da República, José [...]

    Read more

    Combate a criminalidade: Militares assumem a patrulha das ruas de Bissau

    Em nota informativa, o comandante do regimento dos Comandos, o coronel Baute Yampta Namam, refere que os seus elementos estão disponíveis para ajudar na manutenção da segurança. "Caso haja qualquer inconveniência nos bairros”, os cidadãos podem ligar para dois números de telefone disponibilizados pelos Comandos, lê-se na nota que tem sido difundida pelos órgãos de comunicação [...]

    Read more

    Veja mais artigos >>