• Presidente JOMAV apela à aplicação do « Acordo de Bissau »

    9 novembre 2017 | Politica | Admin

  • O Presidente da Guiné-Bissau, José Mário Vaz, apelou esta quarta-feira aos políticos guineenses para aplicarem o Acordo de Bissau para acabar com o impasse político que o país vive.
    O Presidente da Guiné-Bissau, José Mário Vaz, apelou esta quarta-feira aos políticos guineenses para aplicarem o Acordo de Bissau para acabar com o impasse político que o país vive.
    Num comunicado divulgado à imprensa, o chefe de Estado guineense “apela a todos os guineenses, particularmente aos políticos, a aproveitarem o ambiente de fraternidade e, sem violência, sem ameaças nem ultimatos, para aplicarem o Acordo de Bissau, um acordo entre guineenses, para a saída da crise que assola o país”.
    O Presidente guineense terminou segunda-feira uma visita que realizou a campos agrícolas em várias regiões do país, tendo sido recebido em Bissau por milhares de apoiantes.
    No documento, José Mário Vaz lança também um “vibrante apelo” ao Partido Africano para a Independência da Guiné e Cabo Verde (PAIGC) e à Assembleia Nacional Popular.
    “Ao PAIGC, para que abra os seus braços e as portas da sua sede para promover a reconciliação interna e oferecer uma oportunidade de paz social ao nosso povo. À ANP para que abra as portas para pôr fim ao bloqueio institucional que condiciona fortemente o funcionamento do Estado”, lê-se no comunicado.
    O acordo de Bissau foi assinado em 2016 e é anterior ao acordo de Conacri. O acordo de Bissau prevê a constituição de um governo de unidade (com todos os partidos com representação parlamentar) para que haja estabilidade até ao fim da legislatura em 2018.
    Desde 2014, a Guiné-Bissau já teve cinco primeiros-ministros e vive um momento de impasse político, com o parlamento encerrado há cerca de dois anos.
    O atual Governo da Guiné-Bissau não tem o apoio do partido que ganhou as eleições, o PAIGC, e o impasse político tem levado vários países e instituições internacionais a apelarem ao consenso e ao diálogo entre os guineenses.
    Sobre as visitas aos campos agrícolas, o Presidente disse esperar um aumento da produção de arroz para este ano.
    lusa/observador

  • Ex-presidente Serifo Nhamadjo fala da crise política : «Eu não faria parte do problema, mas sim da solução» -

    O ex-Presidente da República de Transição, Manuel Serifo Nhamadjo, culpa os veteranos do PAIGC pela crise profunda do partido libertador cujos militantes e dirigentes estão em rota de colisão.   Em entrevista exclusiva à Rádio Makaré-FM, o ex-Chefe de Estado afirmou que “não se pode resolver um problema intensificando-o.” “Se fossemos nós a gerir esse conflito, garanto que [...]

    Read more

    Reações: LGDH acusa Presidente da República de ignorar esforços dos parceiros

    O secretário Nacional da Comunicação e porta-voz da Liga Guineense dos Direitos Humanos (LGDH) garantiu, hoje, na sede da organização em Bissau, que o derrube do Governo pelo Presidente da República foi uma decisão isolada e projetada. Durante a comunicação a imprensa Alex Bassuko Santos Lopes disse que, infelizmente, perante todo este cenário José Mário Vaz optou por uma decisão [...]

    Read more

    A Deontologia como dimensão éticO-PROFISSIONAL DOS SERVIDORES PÚBLICO - ALGUMAS EMULAÇÕES - Os Servidores públicos são pessoas que prestam serviços ao Estado e às entidades da Administração Pública, com remuneração paga pelos cofres públicos, sendo responsáveis pelo desenvolvimento dos Serviços Públicos, e consequentemente do País, a partir de contribuições que, [...]

    Read more

    Guineenses residentes em Itália, nomeadamente, estudantes, enfrentam dificuldades devido a falta de passaportes.Até esta data as autoridades não cumpriram a promessa de regularizar essa situação. Eis o que um estudantes relatou a GN: « Estávamos aflitos com o problema de passaportes caducados, solicitamos a intervenção das autoridades competentes para a resolução do caso e o [...]

    Read more

    A QUEDA DO GOVERNO NÃO É NOVO E NÃO PASSA DO “DÉJÀ-VU”

    O gesto de demissão do Governo bissau-guineense, procedido ontem (12.08,2015) pela S Ex. Sr. Presidente da República da Guiné-Bissau é mau, uma loucura!  Mas enfim, ele não é novo e não passa do “déjà-vu” dos últimos 21 anos da instituição e “exercício” da nossademocracia pluralista, multipartidária e parlamentar. As 1aseleições de 1994 constituiram o pontapé de [...]

    Read more

    Mamadu Iaia Djaló, líder do Partido da Nova Democracia (PND), demitiu-se esta sexta-feira das funções de conselheiro especial do Presidente da República por questões de "honestidade política". Em carta dirigida ao Presidente José Mário Vaz, o líder do PND justifica a sua decisão alegando "questões de princípios, coerência, transparência e honestidade política" como motivos que o[...]

    Read more

    PROJET REGIONAL DES PECHES EN AFRIQUE DE L’OUEST

    República da Guiné-Bissau SECRETARIA DE ESTADO DAS PESCAS E ECONOMIA MARÍTIMA PROJET REGIONAL DES PECHES EN AFRIQUE DE L’OUEST P119380 et P122182 IDA Grant Number H6530 – GW et GEF Grant Number 99597   SOLICITATION DE MANIFESTATION D’INTERET POUR LA SELECTION D’UN CONSULTANT (FIRME) POUR L’EVALUATION ET LA PREPARATION DU RAPPORT DE CLOTURE DU PRAO GUINEE BISSAU  Le [...]

    Read more

    QUEBEC (CANADÁ) - Ernesto Dabó: Uma descoberta incomum

    No ano passado, Ernesto Dabó lançou Lembrança, um disco fabuloso, gravado com músicos de Quebec, mas infelizmente passou despercebido aqui. Na Guiné-Bissau, é muito diferente, pois o cantor-autor-compositor é considerado um dos pais da música moderna guineense. Diz-se mesmo que Dabo é Vigneault (grande autor-compositor-intérprete de Quebec) da Guiné-Bissau. Aqui ele encontrou seus [...]

    Read more

    « ARISTIDES PEREIRA : UM CONTURBADO DEPOIMENTO

    No seu Minha vida, nossa história[i], o ex-Presidente da República de Cabo-Verde confirma o perfil de alguém que à priori nada predestinava a endossar os altos cargos que finalmente  acabou por ocupar. Secretário-Geral do PAIGC por obrigação, Presidente da República à força, sem a ambição que engloba necessáriamente tais desafios, o homem foi arrastado pelos ventos hesitando [...]

    Read more

    ENTRENÓS KU NÓS : Desafio ao PRS - Partido da Rebovação Social

    “A Liberdade Mental deve ser da autoria do Próprio Individuo”- Dr. Kumba Yalá Desde as eleições muito tenho escrito sobre a Guiné- Bissau, mas nunca tinha dedicado umas linhas ao maior partido da Oposição. Melhor, ao Partido do arco da governação. Um partido que, num total de 102 deputados na assembleia da república, por ter 41 deputados merece toda a atenção de todos os [...]

    Read more

    Veja mais artigos >>