• QUEBEC (CANADÁ) – Ernesto Dabó: Uma descoberta incomum

    12 juin 2014 | Cultura | Admin
  • No ano passado, Ernesto Dabó lançou Lembrança, um disco fabuloso, gravado com músicos de Quebec, mas infelizmente passou despercebido aqui.
    Na Guiné-Bissau, é muito diferente, pois o cantor-autor-compositor é considerado um dos pais da música moderna guineense. Diz-se mesmo que Dabo é Vigneault (grande autor-compositor-intérprete de Quebec) da Guiné-Bissau.
    Aqui ele encontrou seus cúmplices de Montreal para oferecer dois shows: neste domingo, no St. Barnabas Saint- Lambert, no festival Clássica e 13 de Julho no Festival Internacional de Balattou Nuits d’ Afrique. A descoberta é importante.

    Lembrança, que significa “memória” é um álbum fluido que mergulha tanto nas tradições do país como na canção poética revelando homenagens tratando da justiça e da boa governação, da condição humana e o amor.

    Único Musicalmente, o disco é marcado, entre outros, da kora de Zal Sissokho, baixo Mário Légaré, do violoncelo Claude Lamothe, das percussões Daniel Bellegarde e os de Lilison , que reuniu músicos ao redor Ernesto Dabo .

    “Eu encontrei pessoas com corações grandes e foram pacientes apesar das diferenças linguísticas e artísticas. Mas a música é transversal e chegamos a um ponto de acordo “, disse Ernesto Dabó em excelente francês.

    Voz crioula
    Em 1971, dois anos antes da independência da Guiné-Bissau, no meio da luta armada de libertação nacional, três jovens artistas militantes, incluindo Ernesto Dabó formam Cobiana Djazz. O grupo anuncia um verdadeiro movimento cultural apropriando-se da língua crioula.
    “O regime colonial Português fez de tudo para afastar as pessoas, fazendo-lhes passar a ideia de que sua cultura era cultura inferior “, lembra Ernesto Dabó .
    Com os seus cúmplices, ele cria conteúdos enraizados no folclore do país e dissemina ideias da luta armada de libertação nacional.
    “De um dia para outro, toda a cidade de Bissau perguntava quem éramos. Isso causou uma explosão de criatividade. Os jovens em todos os bairros tentam criar grupos. Outros optaram pela literatura, pintura ou estilismo. Desse movimento, emergiram vários grupos, incluindo Lilison e seu grupo N’Kassa Cobra.”

    Enquanto isso, outro grupo é formado em Portugal com Ernesto Dabó : Djorson que assina M’Ba Bolama , a primeira canção gravada na história da Guiné-Bissau.

    Chega a independência em 1973, depois de 400 anos de colonização.
    O artista diz: “Numa colônia, somos simplesmente indígenas, “animais “. Mas quando a sua condição humana é recuperada, plenamente, perante todos, é um sentimento que não se pode descrever. “
    Ao longo dos anos, Ernesto Dabó abandonou a música em favor do direito internacional e de uma carreira de alto funcionário no seu país. “Fazer música não dava de comer, e uma vez que éramos militantes empenhados ao serviço da Pátria, sentimo-nos obrigados a ir trabalhar “, diz ele.
    Agora aposentado, resta-lhe esse país de palavras e de músicas que está disposto a partilhar mais do que nunca.

    Yves Bernard – Collaborateur
    In LE DEVOIR
    Libre de Penser

  • ACORDO DE CONAKRY: FIM DA CRISE OU CRISE EM STAND BY?

      "Ter razão não dá razão", diz-se algures. A crise despoletada em Agosto de 2015 com a demissão do primeiro Governo da legislatura pelo Presidente da República, levou que tentativas várias fossem feitas para serenar os ânimos (no círculo do PAIGC), enquanto em níveis mais amplos, multilaterais, eram desenvolvidas iniciativas e acções que acabaram por envolver a comunidade [...]

    Read more

    O Movimento Nacional da Sociedade Civil para Democracia e Desenvolvimento (MNSCDD) exige ao Presidente da República, a exoneração do novo Primeiro-Ministro nomeado recentemente por sua própria iniciativa. No comunicado distribuído à imprensa, MNSCDD recomenda ao PR José Mário Vaz ouvir o PAIGC e outras formações políticas com assento parlamentar. Tendo mostrado surpreendido com a [...]

    Read more

    RAMOS HORTA, VAI VENCER A BATALHA CONTRA O TEMPO?

    No fim do mês de Janeiro corrente, o Senhor José Ramos Horta vai iniciar o exercício das suas actividades como Representante Especial do Secretário-Geral das Nações Unidas na República da Guiné-Bissau. Apesar da minha profunda convicção, de que anima-o a intenção de trabalhar em prol da paz e da estabilidade, e que esse sentimento é sincero, permita-me dizer que não acredito que vai [...]

    Read more

    Para evitar pagamento criadores de gado resistem à vacinação de animais

    "Estamos a deparar com alguns entraves provocados pela resistência de algumas pessoas em vacinar os gados, alegando falta dinheiro; mas, pela injeção de cada animal cobramos um preço muito simbólico”. O esclarecimento é do vice-presidente da Associação dos Criadores de Gado, aquando do início da campanha de vacinação de gado hoje na cidade de Bafatá. Os trabalhos desenvolvidos [...]

    Read more

    “Toka-Toka”: servindo o povo entre elogios dificuldades e depreciações

    TOKA-TOKA é o transporte urbano mais usado de Bissau, mais barato, mas também o mais agitado. Começa a circular às 06 horas e só pára entre às 21 e 22 horas, das periferias ao centro da cidade. Todos passam pelo maior centro comercial do país, o Mercado Municipal de Bandim, onde se vende de tudo para todos os gostos e necessidades, e, em função de qualquer situação financeira. [...]

    Read more

    PRESIDENTE DA ANP DENUNCIA ALEGADO ALICIAMENTO DE JUÍZES DO SUPREMO TRIBUNAL

    O líder do Parlamento da Guiné-Bissau, Cipriano Cassamá, denunciou terçoje um alegado aliciamento de juízes do Supremo Tribunal (STJ), que no próximo dia 04 de abril elegem o seu novo presidente. Segundo Cassamá, que falava num seminário hoje no Parlamento em Bissau, informações “veiculadas publicamente” indicam “investidas do poder político” no aliciamento de magistrados e [...]

    Read more

    PIRÂMIDE INVERTIDA!

    15 janvier 2015 | Reflexão
    PIRÂMIDE INVERTIDA!

    “O poder tende a corromper, e o poder absoluto corrompe absolutamente”. Exatamente aqui está o perigo de quem detém o poder. A linha para manter o caráter livre deste perigo é muito tênue. E poucos são os que conseguem entrar na esfera do poder e sair intacto. Considero que só os verdadeiros líderes no sentido lato da questão conseguem essa proeza. Os que nasceram para servir[...]

    Read more

    CARTA ABERTA AO ENGº CIPRIANO CASSAMÁ

    Fernando Ka Como guineense preocupado com os tristes acontecimentos no país, agitados por gente sem escrúpulos, cuja única mira é chegar ao poder a todo o custo, mesmo que seja para passar por cima de cadáveres. Sinto-me indignado com a forma de que se tem servido para atingir o seu objectivo e tudo a que pode deitar a mão serve. O senhor tem sido acusado de instigador do conflito de [...]

    Read more

    Da Guiné portuguesa à Guiné-Bissau O RETRATO DE UM PAÍS A SERPEAR NO «MAR DE ESCOLHOS» E INCERTEZAS

    A Guiné-Bissau, Pátria de Cabral, de Homens valorosos e corajosos, está situada na costa ocidental da África. Presumo que o(a) leitor(a) já terá ouvido falar deste lindo país que nos últimos anos tem ocupado as primeiras páginas dos maiores jornais do mundo que, diariamente, editam milhares de exemplares e são consultados on-line por milhões de leitores. Passou nos telejornais e nas [...]

    Read more

    A Deontologia como dimensão éticO-PROFISSIONAL DOS SERVIDORES PÚBLICO - ALGUMAS EMULAÇÕES - Os Servidores públicos são pessoas que prestam serviços ao Estado e às entidades da Administração Pública, com remuneração paga pelos cofres públicos, sendo responsáveis pelo desenvolvimento dos Serviços Públicos, e consequentemente do País, a partir de contribuições que, [...]

    Read more

    Veja mais artigos >>